Anúncio 680 x 110 px

SWU - FACÇÃO TERRORISTA !?

Essa semana esta sendo de muita ansiedade e medo por parte dos paulinenses. Tudo por causa de um evento que ninguém pediu para vir até nossa cidade. O "SWU", uma célula de terrorismo psicológico, disfarçada de evento para sustentabilidade esta executando suas atividades na cidade. Comércios serão fechados, a escola do CEMEP ficou sem aula, todos os cidadãos inseguros por falta de policiamento na cidade. Isso porque todo nosso efetivo de policial esta voltado para o evento.

Saúde para o SWU tem! E  nós paulinenses?
Nossa saúde pública que já é um caos na cidade. Acredito eu que vai sofrer um colapso. Nessa semana o vereador Gustavo Yatecola deu a informação que foram contratados mais médicos plantonistas para atender no Hospital Municipal de Paulínia. Engraçado é que enquanto o paulinense estava sendo espancado pelos "Controladores de Acesso"; enquanto paulinenses estão morrendo dentro do HMP e sendo esquecidos lá por mais de 12 horas; enquanto faltam remédios quimioterápicos para pacientes que necessitam tratamento contra o câncer; enquanto não fazem curativos por falta de bandagem; faltam travesseiros; falta de tudo. Aí não aparece nenhum contrato milagroso para resolver essas questões. E o vereador/médico Gustavo Yatecola devia ter vergonha de ser o porta voz da atual administração para vir falar um absurdo desses. Absurdo porque sabemos que a fila no HMP leva horas para atender o munícipe e até hoje ninguém tomou providência. Agora para suprir o "SWU" arrumam mais médicos que serão pagos com o dinheiro público de Paulínia.

SWU tem tudo! E nós paulinenses?
Deixa-me entender, numa cidade que falta moradia, saúde, segurança, educação, dignidade e tudo mais. Estamos pagando com nosso "suado" dinheiro público municipal a segurança, estrutura, local, logística, saúde, terraplanagem, banheiros químicos ( ou pensam que esqueci dos 1.200 banheiros que foram alugados pela prefeitura no pregão presencial 40/2011 que custou mais de 10 milhões ), mão de obra pública, e muitas outras coisas. Porque vai ter muito funcionário público trabalhando no evento, ou seja, quem vai pagar as horas desses "servidores" vai ser você munícipe e não a organização do evento. Das 500 vagas de caixa que o SWU anunciou foram mandados 2.000 curriculum de paulinenses e contratados apenas 210 cidadãos da cidade. Quer dizer que a grande maioria das vagas ficou para quem é de fora. E tem mais! Três trabalhadores/moradores de Paulínia foram contratados por uma empresa de segurança do evento e foram retaliados e despedidos do serviço. Não vão poder trabalhar só pelo motivo de fazerem parte do grupo de oposição político do prefeito. É "Fazendeiro" bem que o Wilson Machado tem razão em chamá-lo de "Xerifinho".Está levando para o lado pessoal? Isso é coisa de "pequeno estadista", se é que existe isso.

Desconto do que? No ingresso?
Anunciaram que o paulinense teria desconto de 30% no ingresso. Isso é o que chamo de presente de grego. Dar desconto no ingresso é realmente tratar-nos como "Lixo". Já estamos pagando tudo desse evento e devíamos ter entrada gratuita no mesmo. Só de estarmos acolhendo esse evento que ninguém pediu deveríamos ter o direito de entrar de graça em todos os dias. Eu particularmente não aconselho ninguém a ir nem de graça nessa nova versão da torre de Babel.

Segurança tem também para o SWU! E nós paulinenses?
Essa semana surgiu de novo o policiamento nos portais, blitz pela cidade toda, policiamento ostensivo, helicóptero e tudo mais. Gostaria de saber que circo é esse que montaram. E não estou falando da corporação da policia, mas sim do gestor público. Quer dizer que para realizar sua índole megalomaníaca de eventos nosso prefeito se desdobra. Consegue mobilizar mais de 1200 seguranças particulares, polícias civil, militar e guarda municipal. Agora nos outros 362 dias do ano falta segurança em todo lugar de Paulínia. O roubo a carro, explosão de caixas e tráfico corre solto. É mais uma bola fora né prefeito.

Pais e Mães cuidem dos seus Adolescentes!
Muita gente vai pensar. Pô Roger larga mão de ser neurótico. Mas tenho noção do que falo. Essas galeras de adolescentes nessa idade se acham heróis, estão descobrindo o mundo e se firmando na personalidade. Ai que mora o perigo, uma "Rave" disfarçada de evento para sustentabilidade trás muitas armadilhas embutidas. Posso afirmar que é um ambiente potencialmente perigoso, onde irá proliferar todo tipo de situação adversa. Trazendo um risco enorme para quem estiver no ambiente. Porque liberar a entrada de jovens de 16 anos sem acompanhantes? Eita mundo capitalista, se o evento não der lucro aí não vale a pena né. Portanto mais uma vez em minha opinião todo cuidado é pouco.

O comércio de Paulínia de portas fechadas!?
Muitos comerciantes estão pensando em fechar suas portas por se sentirem inseguros para manter o comércio aberto. Também com razão porque toda atenção vai estar voltada para o "SWU" né. Tem até policial dizendo para não abrirem mesmo. Aí cabe a pergunta: - Como Paulínia vai ter retorno financeiro desse jeito? Também estão querendo trazer uma frota de taxistas de São Paulo - Capital para trabalhar aqui. Mais uma vez cadê o retorno financeiro para Paulínia?

Cadê a LG? Empresa que ia trazer 4.000 empregos?
Então gostaria de saber onde está essa empresa que colocou na mídia que estaria em Paulínia com uma fábrica empregando 4.000 pessoas e que em novembro estaria entregando seu primeiro lote de eletrodomésticos da linha branca. Alguém se lembra disso? É acho que fomos enganados. Mas empenho para trazer esse festival "SWU" cheio de interesses inconfessáveis isso nosso prefeito tem.
Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.