Anúncio 680 x 110 px

Paulínia esta no vermelho e o paulinense fica no escuro.

Recentemente tivemos uma audiência pública para tratar das questões do orçamento público da cidade de Paulínia. Essa mesma audiência foi aberta ao público com entrada franca. O comparecimento e participação foram pequenos se compararmos a proporção de munícipes. Alguns veículos de informação disseram ter umas 100 pessoas no evento. E com a minha iniciativa de passar ao vivo na internet a audiência pública, consegui atingir um público de 250 pessoas on line.
Que em algum momento visitou a página do "Canal ao Vivo - Blog Movimento Paulínia" durante a transmissão. Para uma cidade que tem um pouco mais de 85 mil habitantes isso é insignificante, preocupante na verdade. O paulinense ainda não aprendeu a dar o devido valor e importância para o destino do dinheiro público que paga através dos impostos e que deve ser usado para a população.

34 Milhões é o tamanho do tombo.
Agora nessa semana saiu uma reportagem na mídia falando sobre valores de arrecadação e dívidas da prefeitura de Paulínia. Pasmem caros cidadãos, estamos com uma dívida de 34 milhões. Paulínia esta no vermelho! Então o que adiantou investir em "SWU" que na época até o secretário da cultura deu entrevista dizendo que teríamos um lucro de 30 milhões aproximados. Porque então gastar dinheiro com um sistema de lixeiras subterrâneas, com troca de postes, com terraplanagem e demolições no Complexo Brasil 500.
Porque gastar dinheiro dando prêmio de produtividade para pregoeiros, alugar carros nas autarquias sem necessidade, fazer e refazer a sinalização horizontal do trânsito, alugar viaturas da guarda em quanto às viaturas compradas estão jogadas na garagem criando poeira? Porque então contratar cargos de confiança com altíssimos salários, inclusive a primeira dama? Dar bolsa de estudo para famílias abastadas (ricas). Fazer Rodeio e Festivais sem importância nenhuma para o desenvolvimento da cidade.

Cadê a mídia "Marrom"?
Cadê agora os colunistas que afirmavam para os quatro cantos sobre os lucros e economias da administração do atual governo. Dizendo que o "Festival de Cinema" (que foi idealizado pela administração passada e pertence ao povo de Paulínia) foi realizado com menos custo, dizendo que o SWU - Começa com Você - daria um retorno financeiro exorbitante (enorme) para a cidade? Agora quero respostas! E não me venha com embolação, queremos saber onde o dinheiro arrecadado pela administração pública foi parar.
Porque na educação não está, na saúde também não. E na segurança e moradia então nem pensar. Falta papel higiênico para as crianças e a merenda caiu de qualidade. Na saúde tem munícipe com fratura exposta sendo mobilizado com cabo de vassoura. Os pacientes que fazem tratamento contra o câncer na oncologia sem remédios. E até agora essa atual administração não me respondeu uma pergunta que já fiz duas vezes e vou repetir pela terceira vez: - Onde está pelo menos uma família, que ganhou alguma casa de algum plano habitacional aqui em Paulínia nestes últimos três anos? Que esteja atualmente morando em alguma casa dada pelo atual governo?

Temos Circo, mas não temos o Pão.
E não se esqueçam da minha matéria sobre Pão e Circo, onde mostrei claramente que fomos usurpados em mais de 10 milhões para alugar barracas, banheiros químicos, arquibancadas, geradores e tablados. Pergunto a você cidadão: Porque precisamos gastar essa fortuna nesse tipo de equipamento. Agora que esta aparecendo a realidade dos fatos que venho falando faz tempo. Paulínia precisa é de investimento nas principais necessidades e não em festivais que só visam lucro para quem esta realizando.


E o dinheiro do Servidor Público?
E não para por aí! Cadê os dois meses de salários dos servidores públicos que ficaram em greve e tiveram como forma de retaliação e coação seus holerites zerados. Sabemos que a justiça ainda vai ser feita. E não adianta pagar o que deve para o funcionalismo, usando desse artifício para ganhar nossa confiança. Porque não vamos esquecer a humilhação e constrangimento que passamos, bem como da privação e necessidades básicas de sobrevivência a que nos submeteu. Vai pagar sim o que deve aos funcionários, inclusive com juros e correção monetária. Mas isso porque a justiça vai determinar. Foram justas as nossas reivindicações. Mesmo sendo amplamente, sistematicamente e covardemente divulgada pela administração nossa folha de pagamento. Sem contar que esse valor já estava previsto no orçamento desse ano, porque faz parte da folha de pagamento do funcionário público. Então se ele não pagou os salários onde foi parar o dinheiro?

Falta de Planejamento.
Esse é um mal que aflige nossa cidade. Planejamento é tudo! Porque não adianta ter uma fortuna em arrecadação se ela é mal gerenciada. Deixando várias brechas nas prioridades essenciais do município. Isso porque à alguns meses atrás saiu um decreto ordenando um corte de 30% em todas as Secretarias. Quer dizer o seguinte: - O município já esta mal administrado, faltando de tudo e ainda mandam cortar gastos com as Secretarias. E mesmo reduzindo os gastos ainda estão devendo 34 milhões. A informação que veio a tona dessa dívida só faz transparecer a total incompetência da atual equipe que governa Paulínia. Isso mesmo a culpa é de toda equipe, porque um prefeito não governa sozinho.

Desgosto total!
Viver em nossa cidade amada esta cada vez mais difícil. Nesses últimos tempos não temos educação, saúde, segurança e moradia. Faltam remédios, médicos, escola e creche. Aumentaram a criminalidade, o tráfico de drogas, roubos de veículos e assaltos a bancos. Desvalorização do servidor públicos e péssimas condições de trabalho nas repartições. Temos Circo, mas não temos o Pão. Existe hoje uma tristeza no semblante do cidadão, que sabe das dificuldades que o povo passa e tem consciência que não deveríamos estar vivendo esse retrocesso. Sabendo que Paulínia era para ser uma cidade de primeiro mundo.

Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.