Anúncio 680 x 110 px

Um "Breve-Longo" recado aos "Fakes"

Seres que rondam o universo cibernético e principalmente as redes sociais. Estão se tornando uma febre nos grupos de debates do Facebook, o que me traz ao pensamento de tentar entender a mecânica das coisas. Em tempos que a política esquenta, justamente em ano eleitoral, estão surgindo vários "Fakes", em vários lugares de vários grupos políticos. Seria até mesmo natural na medida que se usasse os mesmos para não sofrer algum tipo de retaliação, devido a participação nos debates que levantam as mazelas que hora atingem nosso município de Paulínia devido a péssima administração pública.
Existem até mesmo alguns "Fakes" bastante educados e politizados, que tem "SIM" contribuído grandemente para a reflexão e pensamento dos participantes.

Mas o que acontece, na sua grande maioria, é justamente o contrário. Hoje temos uma infinidade de "Perfis Fantasmas" justamente fazendo o caminho contrário. Montam esses perfis para ficarem cometendo crimes de injúria, tumultuando e retaliando aqueles que com seu "Tempo Gratuito" se dedicam a tentar trazer uma luz em forma de reflexão para as mentes paulinenses. Acusam infundadamente com informações mentirosas. Atacam todos que hoje defendem uma política pública mais adequada e humana. Chegam as raias do ridículo quando não conseguem argumentar. Faltam idéias para rebater as verdades que estão sendo colocadas por todos os paulinenses nas páginas dos grupos de debates. Verdades essas que só querem entender o porque uma cidade tão rica, com uma alta arrecadação não consegue deslanchar. A atual administração não consegue atender igualmente a todos os paulinenses. Falta de tudo hoje em Paulínia. Todos os dias temos cidadãos comuns deixando seus desabafos na rede social mais famosa da atualidade: - O Facebook.

Os Moderadores
Nos grupos existem moderadores que trabalham para poder manter a ordem e as leis dos bons costumes. Que quando entram em ação, alertando a conduta irregular do "Fake" também são desrespeitados e muitas vezes até mesmo ameaçados. Mas tem muitos "Fakes", e até mesmo pessoas verdadeiras, que não entendem e não respeitam o próximo. Entendam que mesmo dentro desse universo virtual ainda continuamos sendo cidadãos comuns de uma sociedade que é regida por leis. Essas mesmas leis também valem na esfera virtual das redes sociais. Alguns chegam a comentar que não somos "Democráticos" que não temos "Liberdade de Expressão". Mas mesmo dentro de uma "Democracia" existe uma ordem e "Não" uma "Anarquia". Que dentro da "Liberdade de Expressão" não cabe a ofensa e ataque pessoal com acusações infundadas, isto é o que diz a lei do nosso país onde vivemos.

Não podemos confundir as coisas.
"Liberdade de Expressão" não pode ser confundida com "Libertinagem". E nesse sentido temos que além de lutar por melhorias em Paulínia. Agora também lutamos por um ambiente virtual organizado e justo, onde o paulinense possa interagir e se expressar sem ser retaliado e ofendido. A moderação no grupo do qual sou fundador: o Movimento Paulínia tem sido exemplar nesse sentido. Lá não toleramos ofensas e ataques desmedidos, nem acusações mentirosas e palavrões. No grupo desejamos criar e manter um ambiente saudável, com suas diferenças políticas, mas com respeito.

Fiquem atentos aos que faltam respeito, geralmente estão escondidos atrás de um "Fake". Ou quando não, é um perfil verdadeiro, mas despreparado para conviver em sociedade. Desconhece as leis e não as respeita. Ou até conhece as leis mas não esta nem aí para elas. São pessoas que levantam bandeiras de governos despreparados e mal intencionados que não ligam para o "POVO". Mostram através da sua face mentirosa de Fake que só pensam na sua elite, na sua facção que usurpa nossas riquezas. Estão interessados somente em permanecer no poder. E para isso estão usando todos os artifícios mais podres e pobres que a alma humana pode exalar. São pobres mesmo de espírito, porque o único deus que conhecem é o dinheiro e o poder. Respiraram por algum tempo o poder e agora lutam desesperadamente para não largarem a submissão do culto a corrupção.

Meu repúdio.
Para esses "Fakes" deixo aqui meu repúdio e certeza de que vou continuar de cabeça erguida combatendo e mostrando a verdade para o POVO de Paulínia. Não vou descansar enquanto não for banido esse tipo de comportamento nas redes. Porque "Maior" o "DEUS" que vive em mim. Este sim dono e criador do mundo, ao qual todos devemos nossa vida e existência. Que "ELE" me guarde e proteja na luta contra as injustiças e falsas acusações que vem desses pobres de espírito.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.