Anúncio 680 x 110 px

DOI-CODI em Paulínia !? - Luta contra Ditadura.

DOI-CODI, sigla de Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna, foi um órgão repressor criado pelo Regime Militar brasileiro (1964-1985) para prender e torturar aqueles que fossem contrários ao regime. Os agentes do DOI-CODI eram treinados nos moldes da instituição americana National War College, que aprisionava combatentes que se opunham à hegemonia norte-americana na Guerra Fria. No Brasil, os militares desse órgão eram treinados na Escola Superior de Guerra (ESG) e defendiam os ideais de direita disseminados pelos ditadores.


Sigam o Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia

O DOI-CODI já capturou e torturou grande número de estudantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), que organizavam marchas contra a ditadura, além de elaborar emboscadas e assassinar pensadores e intelectuais da época que defendiam os ideais comunistas. Alguns, ainda hoje, permanecem desaparecidos. Até maio de 1975, documentos do extinto Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) mostram que o DOI-CODI foi diretamente responsável por 50 mortes e mais de 6.700 ocorrências de presos políticos.


DOI-CODI em Paulínia.
É isso mesmo que vocês estão lendo. Paulínia esta com uma célula do DOI-CODI agindo aqui na cidade. Agora basta um funcionário do CACO ou Servidor Público ir a algum evento democrático político da cidade que o mesmo é fotografado  e denunciado aos poderosos de plantão que hoje governam nossa cidade. Esta montado o verdadeiro cenário de horror dos temos de DITADURA.

Estão se utilizando de todos os artifícios do poder que lhes foi concebido através do voto democrático e coibindo, perseguindo e trazendo grande dor e ranger de dentes para o Funcionalismo Público e Prestadores de serviço do CACO. É minha gente é de se espantar os artifícios usados por esses que se julgam dono do poder e da cidade hoje. Mídia marrom jogando população contra os servidores, manipulando informações. Um Sindicato dos Servidores fraco e desarticulado, sem expressividade nenhuma. Câmara Municipal de Paulínia tomada de assalto pela maioria dos vereadores a favor de um Prefeito rejeitado pelo POVO. Cargos comissionados servindo de espiões. Tirando fotos e levando a seus generais de guerra, para que os cidadãos de bem sejam punidos.

Quer dizer o seguinte. Não se pode nem mais manifestar o direito de ir e vir? Que absurdo estamos vivendo em Paulínia. Já aplicaram todas as táticas da época da ditadura aqui em Paulínia. Abram os olhos paulinenses. Devemos enxergar que estamos vivendo uma época de chumbo aqui na cidade.

Heróis Brasileiros.
Olhem para esta foto logo aqui do lado e vejam quantos rostos de pessoas desaparecidas, torturadas e mortas nos porões do Doi-Codi. Essa é marca da ditadura e do terror que o Brasil viveu nos anos de chumbo. Esses valentes brasileiros deram suas vidas para que hoje nós possamos ter o direito de votar e exercer a democracia. Vamos banir esse tipo de coisa de nossa cidade, lutem, não aceitem serem amordaçados e torturados nos deus direitos. O servidor público deve se unir na hora do voto e mostrar quem tem a força nas mãos realmente.

Táticas usadas durante a ditadura e agora sendo aplicadas na cidade de Paulínia em pleno ano de 2012:

- Política de Pão e Circo
Shows e mais eventos milionários enquanto se dá, com um programa assistencial, somente R$ 150,00 por mês para famílias inteiras. E uma cesta básica deficiente que não atende a realidade que o cidadão necessita.

- Tática de Dividir e Conquistar
Joga o povo contra o servidor público que sofre também nas repartições pelas más condições de trabalho, com assédio moral e perseguições. Junto com isso a população sofre por falta de tudo na cidade. saúde, Educação, Segurança e outros coisas deficitárias comprometem o andamento da cidade como um todo.

- Líderes de Secretárias importantes que demonstram publicamente descontrole e falta de profissionalismo.
Secretário do Jurídico durante a Greve dos servidores xingava e humilhava o servidor na porta da prefeitura, e isso ninguém me contou não, fui eu que vi. Estava lá. Secretária da Saúde dizendo que nossos queridos idosos estavam no "Lar dos Velhinhos" para morrer. Secretário do Planejamento se dando ao ridículo papel de manter vários perfis 'Fakes" no Facebook para coagir e denegrir pessoas.

- Identificar e fichar as pessoas.
Em todo lugar que há um evento democrático político tem agora pessoas tirando fotos e fichando os cidadão de bem da nossa cidade. Levando ao conhecimento da atual administração para serem perseguidos e coagidos no seu direito de liberdade de expressão. São principalmente servidores públicos e funcionários do CACO que estão sendo perseguidos e impedidos de exercerem seus plenos direitos como pessoas livres da sociedade brasileira.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.