Anúncio 680 x 110 px

Famosos se reúnem em movimento que pede mudanças no Brasil

Carmo Dalla Vecchia
(Foto: Instagram/ Reprodução)
Carmo Dalla Vecchia, entre outros, aparecerem com olho roxo em referência à jornalista que foi atingida por bala de borracha durante manifestação em São Paulo.
16/06/2013 23h36 - Atualizado em 17/06/2013 00h46


Fonte: do EGO, no Rio
Na noite deste domingo, 16, vários famosos se mobilizaram nas redes sociais em ação que clama por mudanças no Brasil usando as hashtags “muda Brasil” e “dói em todos nós”. Carmo Dalla Vecchia , Fernanda Rodrigues , Thaila Ayala , Mayana Neiva, Miguel Rômulo, entre outros, postaram no Instagram fotos suas em que aparecem com o olho roxo - em referência à repórter Giuliana Vallone, do jornal “Folha de São Paulo”, que foi atingida por bala de borracha durante manifestação em São Paulo.

As imagens fazem parte do protesto fotográfico "Dói em Todos Nós",  do fotógrafo Yuri Sardenberg.

Thaila

Thaila Ayala
“Vivi muito anos metendo o pau no que achava que estava errado nesse país, na nossa política, criticando e sentindo falta de fazer algo a mais, sentindo falta de atitude da população, de nós brasileiros acomodados. O país do futebol e carnaval, do "tudo tem um jeitinho", da malandragem! Me senti enojada e envergonhada muitas vezes e agora sinto repulsa de toda essa sujeira e maquiagem feita o tempo todo no nosso país. Principalmente do que esta acontecendo agora! Tenho pena das pessoas que não tem informações, nada além dessas notícias deturpadas e que ainda acham que tudo isso é arruaça por 20 centavos! Acorda, Brasil! Essa é nossa chance de mudar, de crescermos, de brigarmos por uma educação decente, saúde, segurança".

Thaila continuou: "Chega de impunidade, de mensalão, de políticos podres de ricos comprando iates com o nosso dinheiro. Chega de obras bilionárias que nunca chegam a fim para que possam roubar mais e mais. Chega de se calar, chega de aceitarmos tudo o que nos é imposto! Vamos às ruas, vamos às janelas, vamos às redes sócias, vamos gritar, vamos nos unir! Porque juntos conseguimos ir mais longe! Chega de violência seus policias, pois já sabemos que estão passando em cima de gente com moto, carro, e o que tiver na frente, que estão quebrando seus próprios carros para colocar a culpa em quem esta lutando para um futuro melhor para seus filhos! Agora é a hora de lutarmos por um pais livre, pelo direito da democracia , contra essa ditadura e essa opressão ridícula e vergonhosa!”, escreveu Thaila em sua página no Isntagram.
 

Paulo Vilhena

Paulo Vilhena
Seu marido, o ator Paulo Vilhena também se juntou à causa:

“Essa foto faz parte de mais uma manifestação entre tantas que vem acontecendo em todo país. A violência e truculência com que os manifestantes vêm sendo abordados são mais uma forma de desrespeito ao cidadão brasileiro, não bastasse tudo que nos falta de direito, manifestar a insatisfação se tornou mais um medo para o brasileiro. Sair pra trabalhar em paz, ficar doente e confiar na saúde pública, pensar no futuro dos filhos, comprar o necessário para viver, ter direito a dignidade e a um cuidado sério dos nossos governantes é uma possibilidade cada vez mais distante para todos nós.
Peço aqui aos senhores responsáveis por uma nação que pensem em todos nós com o coração livre de qualquer interesse político ou próprio e moralmente cuidem do nosso país de forma a permitir que todos nós tenhamos direitos preservados e por favor respeitem o dinheiro público, ele como o nome diz, deve servir as necessidades do povo. Parem com a falsa ignorância de achar que o que está acontecendo é somente pelo aumento do transporte público. É também! Mas a grande verdade é que o brasileiro não aguenta mais o que esta acontecendo. Nós queremos e merecemos ter orgulho de ser brasileiro”.

Yasmin Brunet

Yasmin Brunet
A modelo Yasmin Brunet também se manifestou.

"Isso é por nossos direitos! Não é pelos 20 centavos. É pela ditadura e democracia inexistente, repressão e opressão, correntes e prisão sem muros, a roubalheira do governo, pela falta de atenção e prioridade da saúde e educação, pela violência. Nós somos brasileiros e não fugimos à luta! 'A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão' (Aldous Huxley)", escreveu  ela na rede social.



Mayana Neiva
Fernanda Rodrigues


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.