Anúncio 680 x 110 px

40tada e Mizael Marcelly falando asneiras !!! - CACO e A.I.J.


Fala aí galera que lê meu blog !!! Pois é, tem jornalista "que se diz ter Mtb" e que inventa ser um mero BLOGUEIRO para fugir da cassação dos seus direitos políticos, escrevendo abobrinhas como sempre. Como diz meu amigo Marquinhos Somar !!! Esse daí deve estar fumando estrume de boi seco para viajar tanto na maionese. Mas vamos lá então direto ao assunto.

Vamos falar do CACO e AIJ - Associação da Infância e Juventude que são duas instituições que temos na cidade. E que recebe subvenção da prefeitura de Paulínia. Como não poderia deixar de ser só existem por mérito dessa subvenção, mas que devem satisfação do que fazem com dinheiro público. Mas a ligação entre essas instituições e a prefeitura só se dá nesse sentido de repasse de verbas. Acompanhem logo abaixo a opinião de Mizael Marcelly que foi citada por uma integrante do grupo de lavaderias "É PAULÍNIA".

Siga Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia

Para entender a Lisiê Dornelles é uma pessoa que mora no Rio Grande do Sul e tem ligação (amizade) com uma pessoa do PR aqui da cidade. Então nem mora por aqui e provavelmente nunca nem pisou no município de Paulínia

Lisiê Dornelles

Fonte: Correio Paulinense - Coluna Deixem-me falar - Mizael Marcelly
Afirmar em que a PREFEITURA NÃO TEM E NÃO TERÁ QUALQUER VÍNCULO COM A ASSOCIAÇÃO PELA INFÂNCIA E JUVENTUDE (AIJ) E O CENTRO DE AÇÃO COMUNITÁRIA (CACO) é o mesmo que chamar o povo de burro, idiota e cretino. Gente, que Paulínia o novo prefeito pensa que está governando, heim? Helloooooo!!!!! Ah, não tem e nunca terá vínculo? Vamos ver se não tem mesmo.

A PREFEITURA É A PRINCIPAL FINANCIADORA DO CACO E DA AIJ. Juntas, as duas entidades receberão até o final deste ano R$ 19.900.000,00 (dezenove milhões e novecentos mil reais) da Prefeitura para os seus projetos e ações sociais. Caco: R$. 10.200.000,00 (dez milhões e duzentos mil reais); AIJ: R$ 9.700.000,00 (nove milhões e setecentos mil reais). Importante lembrar que se no meio do caminho precisar abrir crédito adicional extra esse valor aumenta. Então, ISSO NÃO É VÍNCULO? Burro é quem pensa que nós, O POVO, somos burros. Ah dá licença!


Agora acompanhem a resposta de outro internauta, que explica de maneira genial e esclarecedora a respeito desse assunto.

Ricardo Muller

Moça. Perdão. Não te conheço. No entanto, preciso somente marcar minha posição, sem desmerecer e sempre respeitando entendimentos contrários. POLITICAMENTE falando, pode até ser que exista algum “vínculo”, até porque ocorreu um episódio num passado recente em que o Vereador Bonavita flagrou uma putativa obscuridade na distribuição de “cestas” junto ao “CACO” num momento pontual da política local.

JURIDICAMENTE, no entretanto, o que você acabou de postar não passa de uma "heresia". Já ouviu falar em "Subvenção Social", "Repasse ao Terceiro Setor", “ENTIDADES” tais como Fundações, Associações, ONG's, O.S.'s, OSCIP"s, etc..., todas sem fins lucrativos. Tais repasses de verbas públicas são uma "FACULDADE DO PODER EXECUTIVO", sempre com o aval do "PODER LEGISLATIVO" (Autorização Legislativa) e, por óbvio, sob a fiscalização do TRIBUNAL DE CONTAS. Não existe vínculo algum com o Poder Público, valendo dizer, em especial, que o Poder Executivo não mantém nenhum vínculo com tais "ENTIDADES", muito menos é OBRIGADO a efetuar os repasses.

Cada uma das "Entidades", além de prestarem contas da aplicação das verbas públicas recebidas, ostentam seus estatutos próprios, REALIZAM suas assembleias independentes que, diga-se de passagem, além das deliberações ordinárias, elegem suas Diretorias e seus Conselhos, sem prejuízo de registrar que as pessoas que ocupam tais posições de comando estão, até o momento que possuem o poder de mando e em virtude de LEI, obrigadas a responder por quaisquer ônus (dividas e obrigações) de tais entidades.

Em outras palavras, NÃO EXISTE VÍNCULO ALGUM ENTRE PREFEITURAS, ESTADOS OU UNIÃO com "Entidades Filantrópicas e Beneficentes" que recebam quaisquer repasses de verbas públicas, SALVO NO CASO DE EXISTIR CONVENIÊNCIA DO PODER PÚBLICO EM ENCAMPAR TAIS ENTIDADES ATRAVÉS DE INTERVENÇÃO, EXPROPRIAÇÃO, E OUTROS MEIOS LEGAIS E DISPONÍVEIS PARA OBTENÇÃO DO CONTROLE DAS MESMAS, O QUE NÃO SE MOSTRA PRESENTE até o momento.

E MAIS. SE AS SECRETARIAS DA PREFEITURA MUNICIPAL LEVARÃO A EFEITO OS MESMOS TRABALHOS DAS ENTIDADES, NÃO SERIA UM “BIS IN IDEM” MOVIMENTAR TAMANHO VOLUME DE RECURSOS PARA ALCANÇAR OS MESMOS OBJETIVOS PELOS QUAIS AS ENTIDADES RECEBEM???. ADMINISTRAR É ISTO, OU SEJA, OTIMIZAR, COLOCAR A DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO OS MESMOS BENEFÍCIOS COM CUSTOS MUITO MENORES E POR MEIO DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA. Por tais motivos, peço educadamente que exclua-me do "...nós, O POVO, somos burros". Abraços, tudo de bom e boa noite.

Minha Opinião

Bom gente nem precisa comentar mais nada depois que o internauta Ricardo Muller explicou de forma brilhante a respeito do assunto. Não tem sentido tudo isso, se a instituição não pratica mais a maioria dos assuntos relacionados no âmbito social. E dessa forma a prefeitura deve concentrar seus investimentos na Promoção Social que agora é uma Secretaria. E que engloba | abrange muitas ações que hoje atingem a grande maioria da cidade. Esta chegando aí o final do ano e tanto o CACO como a AIJ terão de prestar contas da subvenção do dinheiro repassado e de onde foi aplicado | usado nosso dinheiro público !!!

Porque como disse essas instituições estão perdendo o sentido de existir, principalmente o CACO que deixou de prestar serviços como cursos para profissionalização, cestas básicas ( somente emergencial ), óculos e muitas outras coisas. Além de ter demitido muitos funcionários competentes no ramo. Recebeu uma subvenção milionária do antigo governo Pavan e só fez sim é diminuir os trabalhos e serviços oferecidos a população. Muito estranho isso heim !!! Mas eu como blogueiro que sou, volto aqui para explicar as cenas dos próximos capítulos sobre essa situação !!!

Enquanto isso sigo por aqui buscando as informações e comentando sobre todos os assuntos de nossa cidade. Meu objetivo sempre foi o de ajudar Paulínia. E dessa forma vamos trabalhando eu, você e todos nós!!!


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.