Anúncio 680 x 110 px

Família - Projeto de Deus - ( Capítulo 04 )


Olá !!! Hoje é dia de mais um capítulo da Série: Família - Projeto de Deus. E dando continuidade ao assunto da semana passada vou escrever algumas dicas de como desenvolver os valores que já citei serem necessários para termos sucesso no âmbito familiar. Espero poder contribuir grandemente para o crescimento de uma sociedade mais organizada e justa em Paulínia. Boa leitura e não se esqueçam: Jesus e luz para o mundo e deve ter um lugar de destaque em sua casa.


Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia

COMO DESENVOLVER OS VALORES NA FAMÍLIA?

O inimigo dos projetos de Deus tem tentado destruir a família (pai, mãe e filhos) e colocando a responsabilidade nas instituições de caráter social dos governos. O crescimento dos serviços de saúde, educação pública têm roubado os papéis tradicionais dos pais como preparadores dos filhos. Hoje têm educadores, psicólogas, enfermeiras, instrutoras, professoras, todas habilitadas nas teorias e que estão tomando o controle dos nossos filhos. Além disso, a influência penetrante e muitas vezes impositiva da televisão, da escola e dos grupos etários e de interesse. Quando a criança está na escola, ela observa e absorve o comportamento dos outros e não aceita ser diferente, senão fica fora do ambiente social e pode sofrer com o afastamento.

Os pais, muitas vezes despreparados ou desleixados na leitura e confiança nos ensinamentos do Senhor, têm se esquecido (ou não têm tempo) para a conversa franca e dentro da Palavra de Deus e recorrem aos especialistas. Isso tem se tornado lugar comum e a sociedade têm aceitado a negligência da família com a desculpa de que os pais, cansados de um dia de trabalho, não têm mais paciência para ouvir as conversas dos filhos. Está aberta a “brecha” por onde o inimigo pode entrar e quando os pais “acordarem” já pode ser tarde demais.

A família tradicional está desaparecendo e poucos estão lamentando esse fato. Muitas mulheres hoje trabalham fora e cada vez é maior o número daquelas que são responsáveis pelo sustento do lar. Mas, mesmo nesse contexto, a família cristã pode ser diferente e manter os valores ensinados por Jesus. Para isso há três princípios básicos que podem distinguir a família cristã das outras:


  • O amor baseado na Bíblia. Qual o parâmetro da Bíblia? É do amor sacrificial e integral. Paulo diz: “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (1Coríntios 13:4-7). É este amor que a Bíblia nos chama a desenvolver, um amor real, na mesma dimensão do Pai. Como nos diz João: “Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade” (1João 3:18). Maridos e esposas amando-se com entrega total e plena. Pais e filhos se amando apesar das diferenças. A família integrada e interligada pelo amor de Deus (1João 4:7 a 10).

  • A fidelidade entre os companheiros do casamento. Isso jamais deve deixar de existir entre os cônjuges. Diz o sábio: “Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude” (Provérbios 5:18). Não há nada mais prejudicial que o adultério numa relação conjugal. Abra sua Bíblia em Provérbios 6:20 a 29 e veja o que diz a Bíblia. Hoje Deus deseja que os cônjuges renovem sua aliança, para que Ele não fique triste com Seu povo. Como nos diz o profeta: “... porque o SENHOR é testemunha entre você e a mulher da sua mocidade, pois você não cumpriu a sua promessa de fidelidade, embora ela fosse a sua companheira, a mulher do seu acordo matrimonial” (Malaquias 2:14).

  • A responsabilidade, especialmente para a educação dos filhos em amor. Pais amados, hoje é o dia de retomarem a responsabilidade. Os pais precisam disciplinar seus filhos como nos diz a Bíblia, pois “Quem se nega a castigar seu filho não o ama; quem o ama não hesita em discipliná-lo” (Provérbios 13:24). A disciplina é uma bênção: “Discipline seu filho, pois nisso há esperança; não queira a morte dele” (Provérbios 19:18). Não entregue sua responsabilidade na mão de outras pessoas. Como diz a Bíblia: “Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles” (Provérbios 22:6).

Alguém poderia nos questionar aqui, dizendo: “Isso é algo ultrapassado. A criança não precisa ser tratada assim”. Graças a Deus que não nos guiamos pela psicologia moderna que tem produzido os “mauricinhos” delinqüentes, as “patricinhas” revoltadas. Diz a Bíblia: “Não evite disciplinar a criança; se você castigar com a vara, ela não morrerá. Castigue-a, você mesmo, com a vara, e assim a livrará da sepultura” (Provérbios 23:13,14). Mas ao disciplinar o faça com amor. Como diz Paulo: “Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor” (Efésios 6:4).

É preciso levar em conta a cultura em que cônjuge foi formado, a família em que se desenvolveu, os valores que aprendeu antes de conhecer a Cristo como Senhor e Salvador. Mas, como filhos amados de Deus precisamos defender os princípios básicos descritos em Sua Palavra e através desses princípios fazermos de nossa família um valor para a comunidade cristã e para toda sociedade em que convivermos. Vamos orar neste momento.


Quem quiser ler e acompanhar a série é só clicar nos links abaixo:

  1. Família - Projeto de Deus !!! - ( Capítulo 01 ) - Pra que Serve uma Família
  2. Família - Projeto de Deus !!! - ( Capítulo 02 ) - Família Centro de Tudo
  3. Família - Projeto de Deus !!! - ( Capítulo 03 ) - Valores Espirituais e Morais
  4. Família - Projeto de Deus !!! - ( Capítulo 04 ) - Desenvolver os Valores
Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.