Anúncio 680 x 110 px

Fiscalização apreende mercadorias sem nota com ambulantes

Foto: parte do material apreendido pela Secretaria de Fiscalização

Medida visa proteger o comércio local; ações serão rotineiras pela região central da cidade

A Secretaria de Fiscalização de Paulínia apreendeu na manha de terça-feira (07) mercadorias sem nota fiscal de três ambulantes na Avenida José Paulino, na altura do banco Bradesco, no Centro. No total foram aprendidos 1.788 DVDs piratas, 673 CDs falsificados, 151 óculos e 73 relógios.


Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia


Funcionários da Secretaria de Fiscalização estavam em uma operação pelo Centro. Eles viram dois carros e desconfiaram que mercadorias sem nota fiscal poderiam estar escondidas nos automóveis. A GM (Guarda Municipal) foi acionada e três homens foram abordados. No interior dos veículos foram encontrados os produtos aprendidos.

Os três foram encaminhados à Delegacia de Paulínia para prestar esclarecimentos e liberados. O material apreendido será destruído.

Rotina 

O secretário de Fiscalização de Paulínia, Sânzio Rodrigues, relatou que ações de combate à venda de mercadorias sem nota fiscal vão ser rotineiras na cidade.

“Os comerciantes que pagam devidamente impostos, aluguel e funcionários com carteira registrada acabam sendo prejudicados por esse tipo de comércio ilegal. A nossa também é afetada de forma negativa. Vamos combater a venda de produtos sem nota”, afirmou Rodrigues.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.