Anúncio 680 x 110 px

Campinas tem 61.483 casos de dengue confirmados, diz estado


Campinas tem disparado o maior número de casos de dengue este ano entre os 645 municípios do Estado. São cerca de 11 mil casos a mais do que a segunda colocada, Sorocaba – Campinas tem 61.483 e Sorocaba, 50.316. Campinas supera ainda com folga a cidade de São Paulo, que tem uma população dez vezes maior.
Com uma população de 1.154.617 habitantes, Campinas tem 61.483 casos confirmados, enquanto que na Capital esse número é de 39.841 pessoas para uma população de 11.895.893 habitantes. Campinas tem um caso para cada 18 habitantes, enquanto São Paulo, um para cada 298.
Sigam Portal MP no Twitter: @MPaulinia
A Secretaria de Saúde do Estado realizou um encontro ontem, em São Paulo, para discutir o enfrentamento da doença para o próximo verão e evitar a grande quantidade de casos como neste ano.
A pasta divulgou o ranking das dez cidades paulistas com mais casos da doença. As únicas cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que figuram na lista são Campinas e Sumaré, ocupando a primeira e a sexta posição, respectivamente. Sumaré teve 14.459 casos diagnosticados da doença desde janeiro.

Agentes

O evento de ontem teve o intuito de alinhar com todos os municípios as estratégias conjuntas de enfrentamento da dengue e estreitar a articulação entre os órgãos. Neste ano, apenas dez cidades respondem por 43% dos 589.192 casos confirmados da doença no Estado. “É hora de unirmos esforços para evitar que o atual cenário da dengue não se repita no próximo verão”, afirmou o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.
A secretaria, por meio da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), autarquia vinculada à pasta, informou que vai contratar 500 novos agentes de controle de endemias.
O contrato terá vigência de três meses, período considerado estratégico para execução de medidas preventivas para o próximo verão 2015/2016. Eles vão atuar no bloqueio de casos e eliminação de criadouros, com ações focadas no bloqueio da transmissão do vírus, mas não foi informado como será a distribuição desses funcionários no Estado.
A pasta está investindo R$ 6 milhões nessa ação, totalizando R$ 12 milhões aplicados no combate à dengue neste ano. “Também foram adquiridos 150 atomizadores costais para aplicação de inseticidas, nove atomizadores acoplados em viaturas, também conhecidos como “fumacês”, e 450 kits de EPI (equipamentos de proteção individual), que garantem a segurança dos funcionários, informou a assessoria.
O investimento contabiliza, ainda, a compra de sete vans para deslocamento das equipes e a manutenção de 50 caminhonetes utilizadas para transporte de máquinas, inseticidas e insumos.

Jornal Tododia




Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.