Anúncio 680 x 110 px

Dicas para adaptar uma casa para o deficiente físico


Adaptar uma casa para deficiente físico exige muitos cuidados e atenção a detalhes, mas garante a independência plena do indivíduo. Com alguns ajustes específicos é possível ter uma casa plenamente adequada e uma vida com total autonomia.

Para isso, separei algumas dicas de como adaptar a casa para o deficiente físico, especialmente o cadeirante. As dicas aqui também servem para outras formas de mobilidade reduzida, é importante ter um projeto personalizado para cada caso.
Confira a seguir nove maneiras de adaptar a sua casa para melhorar a vida e acessibilidade do deficiente físico:
Sigam Portal MP no Twitter: @MPaulinia

Portas

As portas de uma casa adaptada devem ter no mínimo 90 cm de largura. É interessante colocar protetores de metal na parte inferior, pois são constantes os choques da cadeira nessa região. Maçanetas devem ficar em uma altura confortável.

Interruptores e tomadas

Os interruptores, assim como as tomadas, não podem ficar próximos ao chão. O ideal é que a pessoa não precise se abaixar para acioná-los.

Pisos

Os pisos devem ter máxima aderência, para isso usando material antiderrapante. Podem ser vinílicos, azulejos antiderrapantes, porcelanato e pisos de lajota. O importante é garantir que não sejam escorregadios, especialmente em áreas em que podem se molhar.

Corredores

Os corredores não podem ser estreitos. 80 cm é a largura mínima para acomodar com segurança uma cadeira de rodas, ou andador, mas o ideal é um metro. Barras de apoio podem ser instaladas nas paredes.

Rampas

As rampas de acesso a outros níveis devem respeitar a inclinação máxima de 8%. Aclives muito acentuados exigem muito esforço braçal para o cadeirante subir sem ajuda e declives muito acentuados podem ser perigosos.


Banheiro

Os banheiros merecem atenção especial. Além das barras de apoio, o assento sanitário deve ser um pouco mais alto que o normal, pois isso facilita a transferência da cadeira de rodas. O espelho pode ter uma leve inclinação, o que melhora a visão da pessoa sentada.

Cozinha

Balcões e pia devem ter um vão livre para garantir alcance máximo. A altura máxima deve ser de 85 cm.  Ao invés de fogão, o ideal é ter um cooktop e forno elétrico em bancada.


Dormitório

É necessário ter um espaço de circulação de pelo menos 90 cm ao redor da cama. Armários com porta de correr são o mais indicado. Preferencialmente, com pontas arredondadas, para evitar pequenos acidentes.

Área externa

Nas áreas externas também há cuidados que não podem ser negligenciados. Pisos emborrachados, ou de características antiderrapantes devem ser instalados. Se houver uma área com piscina os cuidados devem ser redobrados. Plantas e outros objetos não podem atrapalhar a circulação.

Ao pensar em um projeto para adaptar casa para deficiente físico cada detalhe conta.  É preciso saber a necessidade específica da pessoa e trabalhar em cima dela.

Se tratando de um usuário de cadeira de rodas, é importante respeitar todas as medidas que comportem a cadeira com segurança e conforto. Deve-se pensar também nos pontos de mudança de direção da cadeira de rodas, permitindo rotação de 360°.




Compartilhar Google Plus

Autor Daniel Pegoraro

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.