Anúncio 680 x 110 px

Ideias inovadoras atraem investidores


Construir um modelo de negócio que atraia dinheiro só é possível com uma equipe qualificada e planejamento, entenda que estratégias seguir.

Começar um negócio requer muito mais do que um CNPJ. Construí-lo exige tempo, preparo, paixão e muito empenho. E com as startups (projetos que identificam oportunidades de negócios ainda não exploradas no mercado) isso não é diferente, na verdade esses ingredientes devem ser redobrados, isso porque não se tratam de empresas comuns.
Sigam Portal MP no Twitter: @MPaulinia
Existem algumas coisas que diferem as startups dos negócios mais normais como lojas, restaurantes ou padarias e algumas delas são:

1 - Há um grande potencial de crescimento;
2 - O modelo deve ser inovador;
3 - O crescimento é rápido e permite alto retorno financeiro.

Para começar uma Startup, o empreendedor deve seguir oito etapas essenciais:

1. Para começar, tenha uma boa ideia
Encontre um problema enfrentado no cotidiano de uma empresa e crie uma solução para ele.

2. Monte uma boa equipe

3. Defina o modelo de negócio
Desenvolver um plano detalhado da estrutura de sua Startup ajuda o empreendedor a planejar o projeto.

4. Valide sua ideia
Para evitar que dinheiro seja gasto em um plano cheio de falhas, toda ideia precisa passar por um processo de aprovação que podem ser feitos pela própria equipe de empreendedores.

5. Acelere o negócio
Aceleradoras (empresas que dão suporte inicial com o direito de uma fatia do negócio) atraem com mais facilidade investidores de peso.

6. Obtenha investimento
Procure investidores que também ofereçam conhecimento.

7. Construa um site.

8. Esteja presente nas redes sociais.
Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, por exemplo, garantem que as pessoas reparem a sua marca.

O empreendedor pode apostar em algumas estratégias para agradar mais os investidores, já que esse público procura por projetos em que as equipes mostram ter uma relação com o seu produto que vá além do interesse comercial, negócios que precisam de muita mão de obra acabam sendo descartados com mais facilidade, outro fator que deve ser pensado é se a Startup tem alcance regional ou global, aceleradoras optam por investir em modelos de negócios que são de longo alcance geográfico e que não são soluções a curto prazo.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.