Anúncio 680 x 110 px

#Denúncia - Presidente e Diretoras do Sindicato fazem BANQUETE de LUXO com dinheiro do Servidor Público

Foto: Divulgação "Jornal Aqui Paulínia"


Funcionário público denuncia "almoço de luxo" de presidência e diretoras de sindicato.

Um almoço na churrascaria Recanto do Sul, a mais requintada da cidade, tem gerado polêmica entre os servidores públicos de Paulínia. A presidente do STSPMP (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Paulínia), Cláudia Pompeu, e as diretoras Vanja Porto e Isabel Lemos Turci fizeram uma refeição no valor de R$ 217,69, que segundo sindicalistas e servidores foi um "luxo desnecessário".


Portal MP nas Redes - Facebook | Twitter |Youtube


O servidor público e segundo tesoureiro do sindicato, Wagner Maciel Nunes, é um dos que estão indignados com a "comilança", segundo ele.

As refeições ocorreram no dia 27 de Janeiro, em uma quinta-feira. Na justificativa da nota para o pagamento do almoço está descrito que o trio participaria de uma reunião jurídica na Pauliprev (Instituto de Previdência dos Servidores de Paulínia).

No entanto, as reuniões do instituto ocorrem tradicionalmente as 18:00 hs. E o almoço foi às 13:00 hs, conforme a nota.

Wagner relatou que o documento sindical em que é descrito os gastos é chamado de Relatório de Viagem. No entanto, segundo o sindicalista, as três não fizeram nenhuma viagem que justificasse o rodízio na churrascaria de "alto padrão".

Se não é um crime, no mínimo é imoral e um tapa na cara do servidor", desabafou. (Wagner Maciel - 2º Tesoureiro) 

"O nosso sindicato está em crise financeira e as três fizeram um banquete com nosso dinheiro, sem nenhuma justificativa. Não havia viagem de trabalho ou necessidade especial. Quando o sindicalista está trabalhando o adequado é comer uma quentinha, como sempre ocorreu", disse o Wagner.

O tesoureiro afirmou ainda que o sindicato disponibiliza marmitex para os sindicalistas que estão em atividades em prol dos servidores. Ele contou que irá, na próxima semana, denunciar o caso ao MP (Ministério Público) para que a situação seja investigada e o sindicato possa ser ressarcido pela suposta irregularidade.

"Estou apurando diversas irregularidades e facilidades para amigos e apaniguados (protegidos) da direção sindical. A nossa categoria precisa de mais respeito e ética por parte da nossa presidência e alguns diretores. Se não é um crime, no mínimo é imoral e um tapa na cara do servidor", desabafou.


Foto Divulgação: Jornal Aqui Paulínia | 2º Tesoureiro Wagner

Outro lado


A presidente e as diretoras foram procuradas para se manifestar sobre o assunto através da assessoria de imprensa do sindicato. Até o fechamento da edição nenhum retorno foi enviado à reportagem.

Fonte: Jornal Aqui Paulínia - Ano V - Edição nº 126 - 10 de março de 2017
Jornalista: Raoni Zambi


Opinião do Roger Dance


Não é com surpresa que ao abrir o Jornal Aqui Paulínia, me deparei com uma notícia dessas. Vergonhosa e lamentável !!! Mesmo porque já venho há meses alertando aos servidores públicos de que nosso sindicato esta tomando um rumo totalmente errado.

E agora essa denúncia do 2º tesoureiro só vem reforçar aquilo que eu tenho alertado a tempos.

Prestem bem atenção na situação. Uma das pessoas citadas na reportagem, a Isabel Lemos Turci, é presidente do conselho fiscal do sindicato. Ou seja, é a responsável direta pela fiscalização do dinheiro da contribuição dos associados.

E ao invés de fiscalizar de que forma esta sendo gasto o dinheiro do servidor público. A mesma participa de um "banquete de luxo" em uma churrascaria, totalmente fora do contexto e das normas que regem o estatuto da entidade.

Bem como de maneira imoral abusa do poder que tem para se favorecer com mimos e agrados de um almoço em uma churrascaria de alto padrão ?! Tudo isso justamente no momento em que a instituição passa por uma forte crise financeira.

E a presidente Cláudia Pompeu, infelizmente dando o mal exemplo, ainda documenta o gasto e o apresenta para prestação de contas com a certeza de que vai passar batido ?! Que vai ficar impune ?!

Isso é brincar com a cara do servidor, ou como disse o colega sindical Wagner: "... é dar um tapa na cara do servidor público..."

Não estavam em viagem e não justifica o almoço, porque a sede de nosso sindicato fica a poucos quilômetros de distância da churrascaria. Tudo localizado na região central da cidade. Sem contar que o local e horário também estão fora do contexto do Pauliprev.

Fazendo as contas


Enquanto o servidor público,com muito esforço, ganha somente R$ 100,00 reais por mês de "VALE ALIMENTAÇÃO" e ainda colabora como associado do Sindicato com R$ 35,00 reais por mês de mensalidade. A presidente e duas dirigentes sindicais dão um péssimo exemplo gastando R$ 217,69 reais em apenas 01 almoço.

O que, em uma conta rápida, dividindo o vale alimentação de R$ 100,00 reais por 20 dias de trabalho no mês, sem contar o fim de semana, daria R$ 5,00 reais por dia para almoçar para cada servidor público.

E o trio gastou R$ 217,69 em apenas um dia. Que dividido por três daria R$ 72,56 por cabeça. Ou seja uma diferença de R$ 67,56 por cabeça ou um montante de R$ 212,69 reais.

Que daria mensalmente um gasto de R$ 1.451,20 reais por pessoa. E se somado a projeção do gasto das três em um cenário hipotético mensal, daria a exorbitante soma de R$ 4.353,60 só de almoço.

Tudo pago com o dinheiro do trabalhador que só teria R$ 100,00 de vale alimentação no mesmo período. Realmente se não é ilegal no mínimo é imoral, como disse o tesoureiro em sua entrevista na reportagem acima.

Vou cobrar providências


Eu como Servidor e Sindicalista (Secretário Geral) também me solidarizo com o nobre colega - 2º Tesoureiro Wagner e vou cobrar providências. Acredito que devemos realizar uma AUDITORIA profunda nas contas desse último ano para investigar se houve possíveis abusos como o que esta explícito aqui nesta reportagem.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.