Anúncio 680 x 110 px

#DataBase - Dixon libera AUMENTO de 4,8 % de salário e R$ 300,00 no VALE ALIMENTAÇÃO

Dixon e sindicalistas durante rodada de negociações nesta terça / Foto: Divulgação

Prefeitura oferece reposição salarial de 4,8% e vale-alimentação de R$ 300,00 até dezembro deste ano para o funcionalismo público de Paulínia

A Prefeitura de Paulínia apresentou sua proposta final aos servidores municipais na campanha salarial deste ano: reposição da inflação de 4,8% e aumento de R$ 300,00 até dezembro no vale-alimentação, além de reajustes nos benefícios de vale-transporte e auxílio saúde. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, dia 9, pelo prefeito Dixon Carvalho (PP) em reunião com representantes do sindicato da categoria.

Portal MP nas Redes - Facebook | Twitter |Youtube


Dixon também garantiu em sua proposta a desoneração da contribuição previdenciária incidente sobre os benefícios. Agora, o prefeito vai encaminhar o projeto de lei com as propostas de reajustes à Câmara de Vereadores. A data-base dos servidores é 1º de maio. O pacote oferecido pela Prefeitura deveria ser apresentado ao funcionalismo público em assembleia no sindicato ainda nesta terça-feira (9).

De acordo com a Prefeitura, a reposição salarial de 4,8%, que será paga ainda no mês de maio, supera o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que acumulou alta de 4,57% nos dos últimos 12 meses pelas contas do governo municipal. O sindicato falava em inflação de 6,29% nesse mesmo período. Já o vale-transporte passa de R$ 28,00 para R$ 44,00 a partir de junho.

Já o aumento do vale-alimentação será realizado parceladamente. Em junho, o benefício passa de R$ 100,00 para R$ 150,00; em agosto chega a R$ 200,00; em outubro vai para R$ 250,00; alcançando os R$ 300 no mês de dezembro. O valor é bem abaixo do pedido pelos servidores: R$ 1.050,00. Hoje ele é de R$ 100,00.

Pela proposta da Prefeitura o auxílio saúde, atualmente de R$ 35,00, também será reajustado gradativamente: em junho passa para R$ 40,00; em agosto para R$ 60,00; em outubro para R$ 80,00; e em dezembro para R$ 100,00. Ainda no encontro, ficou agendada nova reunião para junho para iniciar as negociações sobre o pagamento da greve, outra antiga reivindicação da classe.

Bolso


“Após recebermos a pauta de reivindicações dos servidores fizemos o estudo de impacto financeiro e avaliamos todas as possibilidades que caberiam dentro da realidade financeira do município”, explicou Dixon. “Obviamente, gostaríamos de fazer muito mais, pois valorizar o servidor público é uma das metas da Prefeitura de Paulínia.”

“Temos visto a disponibilidade desta Administração em receber o Sindicato e o esforço para atender as reivindicações feitas pelos servidores, mesmo diante de tantas dificuldades”, afirmou a presidente do sindicato dos servidores de Paulícia, Cláudia Pompeu.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.