Anúncio 680 x 110 px

#Saúde - Secretaria irá contratar 200 agentes para atualizarem cadastros da rede municipal


SAÚDE | Vereadores, secretário Miranda e sua equipe em sabatina na Câmara / Foto: Divulgação

Secretaria de Saúde de Paulínia irá contratar 200 agentes para ajudarem no trabalho de atualização do cadastro de usuários da rede municipal

A Prefeitura de Paulínia vai contratar 200 agentes para ajudarem na atualização do cadastro de usuários da rede pública de Saúde. Hoje, o número de prontuário de pacientes das unidades municipais supera três vezes a população da cidade.

As informações são do secretário municipal de Saúde de Paulínia, Claudio Ernani Marcondes de Miranda, e foram repassadas a um grupo de 11 vereadores durante uma sabatina realizada nesta quarta-feira, dia 16, na Câmara de Paulínia.

Miranda foi chamado na Câmara após visita na semana passada de vereadores às obras de ampliação do Hospital Municipal. O secretário entregou o planejamento plurianual da Saúde, falou de metas, tirou dúvidas e reafirmou o compromisso do governo de informatizar prontuário de pacientes da rede municipal.

“Segundo levantamento recente, a cidade, de 100 mil habitantes, tem mais de 300 mil prontuários”, afirmou Miranda. “Precisamos muito informatizar, unir informações, atualizar e excluir prontuários excedentes a fim de melhor planejamento e tornar o atendimento mais eficaz.”

Conforme o secretário de Saúde, a digitalização de prontuário de pacientes começará pela Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Monte Alegre. A previsão é concluir a informatização de todo o sistema da rede municipal ainda no próximo ano.

Para ajudar na atualização de cadastros com visitas a pacientes da rede de Saúde, Miranda disse que contratará 200 agentes – 60 emergencialmente, que farão mapeamento enquanto trabalham com atenção básica, prevenção de doenças e acompanhamento dentro do Programa de Estratégia de Saúde da Família. Ele não deu detalhes de quando e como fará as contratações.



SAÚDE | Secretário promete novas ambulâncias e convênio com o Samu / Foto: Divulgação

Miranda garantiu que as UBS da região do Centro, em uma área ao lado do antigo hipermercado Extra,  e do bairro Cooperlotes (na Avenida Antônio Batista Piva, 1.092), que são construídas pelo governo do Estado por meio do Programa Saúde em Ação, estarão prontas em 2018. Ele também prometeu novos equipamentos para as demais Unidades Básicas de Saúde.

O secretário de Saúde revelou que a Prefeitura ainda fará a compra de materiais modernos para o atendimento de infartados; convênio com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Campinas; renovação da frota de ambulâncias; mudanças na Fisioterapia e no Centro de Geriatria (Lar dos Velhinhos); além da criação da ouvidoria no Hospital Municipal de Paulínia.


SAÚDE | Entrada do Centro de Geriatria de Paulínia, o Lar dos Velhinhos / Foto: Divulgação

Pressionado pelos vereadores, que questionaram ampliação de atendimento, cargos e salários e profissionais para atender a população mais rapidamente, Miranda falou que está em estudo a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na região do bairro do Planalto, para desafogar o Hospital Municipal.

Miranda, por último, informou que a Secretária Municipal de Saúde está preparando um organograma mais “racional e funcional” e avaliando convênios para ampliação e rapidez dos atendimentos, bem como a oferta de mais especialidades na rede pública.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.