Anúncio 680 x 110 px

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - Paulínia debate cidades inteligentes e sustentáveis


Com o objetivo de discutir diretrizes para o desenvolvimento sustentável da cidade, a Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, realizou na última quarta-feira, dia 16, o 1º Meeting Paulínia Tecnologia e Inovação (M.P.T.I).

Com a presença de autoridades, empresários e especialistas das áreas de tecnologia e inovação, o evento, de acordo com o prefeito Dixon Carvalho, foi um importante passo em direção a construção de uma cidade sustentável, inteligente, moderna, ecologicamente correta e atrativa.

“Nós queremos realmente fazer com que Paulínia siga um novo caminho. Precisamos pensar a cidade como um todo. Não é um setor. São todos: Saúde, Educação, Mobilidade, Segurança, Desenvolvimento Econômico, Cultura, Esporte e etc.. Hoje vemos que até aqui em Paulínia há congestionamento de trânsito. Há alguns anos, isso era peculiar das grandes cidades. E por quê? Por falta de planejamento na área de Mobilidade Urbana”, disse o prefeito.

Ainda de acordo com Dixon, o Meeting Paulínia de Tecnologia e Inovação surge como um indutor de novas estratégias baseadas no conhecimento.  “O que nós estamos fazendo aqui hoje, discutindo e planejando a cidade para o futuro, é exatamente uma forma de não deixarmos heranças negativas. Se queremos ter um país diferente, temos que ser realmente republicanos, fazendo com que boas ideias possam se propagar em toda a região, todo o estado, todo o país. Vamos fazer de tudo para transformar Paulínia em exemplo para o Brasil”, finalizou o chefe do Executivo.

O mestre em sociologia Sérgio Abranches apresentou a palestra “Cidades Inteligentes na Grande Transição”. O especialista ressaltou que trazer este debate para dentro da Região Metropolitana de Campinas (RMC) é ação de suma importância. “Cidades menores têm melhores chances de fazer uma transição rápida para um modelo de inteligência sustentável. Promover o debate sobre as mudanças globais e locais pelas quais estamos passando permite que as pessoas tenham consciência de que o desconforto, as incertezas e a ansiedade que sentem tem razões reais e comuns. E podem começar a pensar criativamente sobre como andar junto com os ventos da mudança”, afirmou o especialista.

O M.P.T.I. também contou com as participações do secretário adjunto de Energia do Estado de São Paulo, Antônio Celso e do diretor do Parque Científico e Tecnológico da Universidade de Campinas (Unicamp), Eduardo Gurgel.

“Na universidade percebemos que não adiantava trabalhar de forma pontual, por mais forte que seja a atuação, se a sociedade, município, região e o Governo não participarem, não funciona. A inovação acontece na cidade, o foco são as pessoas”, afirmou Gugel.

Para Rui Rabelo, secretário de Desenvolvimento Econômico de Paulínia, o MPTI propõe um debate de grande importância.  “É fundamental discutirmos o plano estratégico do governo de Paulínia, e reunimos a sociedade, a gestão pública e a iniciativa privada em prol para o desenvolvimento de Paulínia”, diz.

Realizado pela Prefeitura Municipal de Paulínia, o M.P.T.I. contou com o apoio institucional do Ciesp Campinas, Fiesp, Unicamp, Inova Indústria, Inova Unicamp e patrocínio das seguintes empresas: Carlos Cunha, Anglo Paulínia, Galileo Parque Tecnológico e Industrial, Alinutri, Master Certificações, Caixa Econômica Federal e Transjordano.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.