Anúncio 680 x 110 px

Mutirão de limpeza e agentes de saúde percorrem bairros da cidade


Uma frota com 18 caminhões basculantes, seis caminhões carrocerias específicos para mato, quatro retroescavadeiras, oito tratores roçadeiras, uma pá carregadeira, três tratores, duas giro zero (trator de menor porte) e dois caminhões cata-trecos, percorreu praticamente toda região dos bairros Parque da Represa, São José I e São José II no período da manhã deste sábado, dia 27 de janeiro.

A ação, realizada em conjunto com agentes da Vigilância em Zoonoses, fez parte do 3º Mutirão Regional de Combate ao Aedes Aegypti, uma parceria da Prefeitura Municipal de Paulínia e EPTV. As atividades prosseguiram no período da tarde com as Olimpíadas Verde, que reuniu estudantes em uma gincana realizada no Ginásio Vicente Amatte, das 14h às 18h.

Mesmo com o baixo índice de incidência da dengue no município, a secretaria de Saúde, por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses, tem uma agenda permanente de visitas para alertar a população sobre os cuidados necessários para eliminar possíveis criadouros do mosquito transmissor da Dengue e outras doenças como Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

Em 2017 fizemos inúmeras ações e, desde o início de janeiro deste ano, intensificamos o trabalho de visita aos bairros,principalmente aqueles apontados em pesquisa com possibilidade de maior índice, explica a Ellen Freitas Oliveira, Coordenadora do controle do vetor para Arboviroses.

ADL - O trabalho de Avaliação de Densidade Larvária (ADL) é realizado por meio dos agentes de controle de vetor, que visitam imóveis do município de Paulínia para realização dos procedimentos de avaliação de densidade larvária (ADL). As visitas acontecem de segunda-feira a sexta-feiradas 9h às 16h. Ao todo, 1.200 imóveis já foram visitados.

A população deve permitir a entrada do agente de controle de vetor devidamente identificado para realização dos trabalhos. Os agentes encontram-se identificados por crachá e vestimenta característica da Secretaria de Saúde.

A ADL (Avaliação de Densidade Larvária) consiste na avaliação dos níveis de infestação de larvas de uma determinada área, num dado momento, onde as larvas encontradas são levadas para avaliação e posterior identificação da mesma. A Coordenadora Ellen reforça a importância das visitas que estão sendo realizadas pelos agentes. “O período de maior incidência da dengue é durante o verão, em razão das chuvas e do calor. Por causa disso,temos que iniciar o trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti antes, como prevenção da doença”, reforça.

Gincana e Tarde da Alegria

Com o tema “Um por todos e todos contra o Aedes Aegypti”, o evento Olimpíadas Verde teve um pouco de tudo para atrair os estudantes. Cama elástica, pula-pula, brinquedos, lanche, pipoca e algodão doce foram liberados para levar crianças e adolescentes nessa ação de combate à dengue e também de esclarecimentos sobre Zika Vírus e Chikungunya. Também houve sorteio de prêmios e distribuição de cartilhas educativas de combate ao mosquito transmissor dessas doenças.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.