Anúncio 680 x 110 px

Prefeitura de Paulínia e AMATRA XV firmam parceria para implantação do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania


Cerca de 940 alunos das escolas de Jovens e Adultos participarão das atividades

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, e o presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região - AMATRA XV, juiz Marcelo Bueno Pallone, assinaram na tarde desta quarta-feira, dia 4 de abril, o termo de cooperação para a implantação do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania, nas Escolas de Jovens e Adultos – EJAs do município.

Desenvolvido pela Associação Nacional de Magistrados da Justiça do Trabalho – ANAMATRA, o Programa visa difundir entre os estudantes de ensino fundamental e médio, das Escolas de Jovens e Adultos – EJA, as noções básicas de direito do trabalho e de direitos fundamentais, informando os meios de exercê-los. O Programa também tem por objetivo favorecer a leitura e reflexão sobre ética, cidadania, trabalho e justiça, conscientizando os cidadãos por meios das atividades educacionais.

Para o presidente da AMATRA XV, Paulínia só tem a ganhar com a implantação do Programa. “Nosso principal objetivo é levar conhecimento aos jovens e adultos sobre seus direitos e deveres e também esclarecer dúvidas sobre o Poder Judiciário, a estrutura e o funcionamento da Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho e sobre os serviços de assistência judiciária gratuita e sobre a organização sindical", afirma Dr. Pallone.

Ainda de acordo com o juiz, o Programa também é uma forma de aproximar o Poder Judiciário da população e desmitificar a figura do juiz. "A relação entre os cidadãos e o Poder Judiciário é sempre formal e o juiz parece alguém distante. Porém, quando estamos nas unidades escolares para palestrar consguimos mostrar a todos que o juiz, assim como todos os outros servidores, estão, em primeiro lugar, a serviço dos cidadãos e de nosso país",finaliza.

O prefeito Dixon Carvalho agradeceu a vinda do presidente da AMATRA XV e reforçou a satisfação em poder implantar o Programa em Paulínia. "Será uma excelente oportunidade para que nossos alunos possam interagir com juízes e desembargadores e assim aprender mais sobre justiça e cidadania", afirma.

O "Programa Trabalho, Justiça e Cidadania", que inicialmente será implantado nas quatro unidades da EJA em Paulínia, terá início ainda no primeiro semestre de 2018 e tem o término previsto para o primeiro semestre de 2020. Aproximadamente 940 alunos participação das atividades.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.