Anúncio 680 x 110 px

Prefeito de Paulínia assina contrato para construção da nova ponte sobre o Rio Anhumas


Empresa terá agora que obter licença de instalação junto à CETESB
Mais um importante passo foi dado para concretizar a construção da nova ponte sobre o Rio Anhumas (ponte da Rhodia), localizada na divisa entre os municípios de Paulínia e Campinas. Na tarde desta terça-feira, dia 24 de abril, o prefeito Dixon Carvalho assinou contrato com a Construtora Etama Ltda., vencedora da Concorrência Pública nº 02/2017 e que será, portanto, a responsável pela execução das obras.

Agora, a empresa vencedora terá que obter a Licença de Instalação, que deve ser emitida junto à CETESB. De acordo com a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, só após a emissão da licença é que a empresa poderá iniciar efetivamente a demolição e a construção da nova ponte. “A obtenção desta licença é de plena responsabilidade da empresa vencedora, conforme consta no edital. Todos os processos burocráticos serão seguidos à risca para que então seja possível dar início a construção”, afirma o secretário da Pasta, Valdir Terrazan.

De acordo com o projeto, que será executado por R$ 5.968.050,35 milhões, primeiramente será construída uma ponte paralela a já existente. Em seguida, a ponte que hoje se encontra interditada por problemas na estrutura será demolida e reconstruída.

A ponte sobre o Rio Anhumas foi interditada em 2014, após um laudo técnico apontar a existência de problemas estruturais no local. Na época, o VDM (Volume Diário Médio) era de aproximadamente 4 mil automóveis.

O prefeito Dixon Carvalho ressaltou sua grande satisfação em dar andamento a construção da nova ponte, cumprindo um compromisso assumido com a população de Paulínia. “Desde que assumimos a Prefeitura nós temos trabalhado para tirar essa obra do papel e transforma-la em realidade. Assinamos este contrato hoje com a sensação de que estamos cada vez mais perto de nosso objetivo: reconstruir a ponte e solucionar definitivamente um problema que se arrasta há cerca de quatro anos”, comemora.

A expectativa do Governo é que as obras sejam concluídas até o início de 2019.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.