Anúncio 680 x 110 px

Confira dicas para prevenir acidentes com Escorpião


A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Paulínia, juntamente com Unidade de Vigilância e Zoonoses (UVZ) e Vigilância Epidemiológica, alertam a população de Paulínia sobre os perigos de acidentes com a picada do escorpião e orienta sobre os cuidados necessários para evitar a presença do animal.

Os escorpiões são animais peçonhentos que injetam veneno por um ferrão na ponta da cauda e esses invertebrados possuem hábitos noturnos, ou seja, costumam sair à noite em busca de alimento, como moscas, cupins, grilos e baratas. Então é importante manter a casa limpa e livre desses chamariscos.

O animal venenoso também costuma habitar em locais escuros como fendas, buracos, entre tijolos e no meio de entulhos. Para que não haja incidência de escorpiões em sua residência, o melhor é prevenir e não deixar “esconderijos” para o animal, como caixa, pilhas de telhas, entulhos, tijolos e madeiras. Outra dica importante para não atrair o animal venenoso, é tampar ralos, sifões, não deixar a pia com louças e panelas sem lavar para não atrair o alimento preferido deles: a barata.

Casos – Em Paulínia foram registrados 28 casos em 2017, e graças aos trabalhos de conscientização realizados pela Prefeitura Municipal foram reduzidos para 8 notificações até o momento e nenhuma morte registrada, representando uma redução de cerca de 43% dos acidentes.

No Brasil, os escorpiões foram responsáveis por 125.156 notificações com 184 mortes em 2017, e o número de casos vem aumentando gradativamente, matando mais até que as serpentes que registraram 105 mortes segundo o Ministério da Saúde.

Como Prevenir a Picada

·         Manter o ambiente limpo, evitando o acumulo de entulho;

·         Evitar a proliferação de insetos, principal alimento dos escorpiões;

·         Tampar ralos do banheiro à noite;

·         Afastar camas das paredes;

·         Evitar andar descalço ou colocar as mãos em buracos e frestas;

·         Inspecionar roupas e calçados antes de usa-los;

·         Preservar animais predadores naturais do escorpião, como algumas aves.

Em caso de Picada

·         Assegurar a segurança do prestador do socorro para que ele também não seja picado;

·         Verificar o nível de consciência da vítima e ligar para os serviços de emergência como corpo de Bombeiros (193) e SAMU(192);

·         Caso não seja possível o contato com órgão de emergência, encaminhar a vítima, o mais rápido possível, para o hospital mais próximo;

·         Não sugue, esprema ou fure o ferimento, nem faça torniquete.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.