Anúncio 680 x 110 px

Zoonoses realizará a 2ª Etapa dos Serviços de Dedetização


A Prefeitura de Paulínia, por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses, vai realizar mais uma ação com o objetivo de controlar as pragas urbanas. A 2ª Etapa dos Serviços de Dedetização em todos os poços de visitas (linhas de esgoto) da cidade será no período de 13 de agosto a 28 de setembro de 2018, sob supervisão e coordenação da Unidade de Vigilância em Zoonoses.

Como parte do trabalho em saúde pública, o objetivo é eliminar diversas pragas urbanas, principalmente baratas. E o trabalho será desenvolvido pela DDDrin, empresa atuante no segmento de Controle de Pragas Urbanas, prestadora de serviços contratada pela Prefeitura Municipal.

Em caso de chuvas, os trabalhos poderão ser adiados e /ou reprogramados. Neste caso, novas datas serão divulgadas. Todos os produtos utilizados nos serviços são certificados pelo Ministério da Saúde e ANVISA. Maiores informações nos Telefones da Unidade de Vigilância em Zoonoses: (19) 3833-2299 / 3844-0156.

Projeto Controlar


Na segunda quinzena do mês de julho, o Consórcio Paulínia Sempre Limpa, empresa responsável pela manutenção dos serviços de limpeza urbana do município e contratada da Prefeitura Municipal de Paulínia-PMP para atender a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos-SMOSP, realizou um trabalho efetivo no combate a pragas urbanas através do “Projeto Controlar”. Foram atendidas 60 unidades escolares de ensino do município, Infantil, Fundamental e Médio.

“Foi uma das maiores ações de combate a pragas urbanas já realizada em Paulínia”, afirmou o secretário de Obras, Valdir Terrazan. De acordo com os números divulgados, a área atendida alcançou a extensão de 214.410 metros quadrados. O volume estimado de material retirado foi de 4,5 mil sacos de 100 litros de resíduos, em sua maioria folhas e lixo. O número de 200 caixas de inspeções de drenagens foi desobstruído, além de uma grande quantidade de grelhas que também foram limpas, drenadas e desentupidas. Também foram identificados 170 metros cúbicos de entulhos, galhos e madeiras retirados, além de 43 tampas de caixas de inspeção confeccionadas e substituídas.

Confira o cronograma dos bairros e datas:
13/08 a 21/08 – São José I, São José II e Bela Vista II, Marieta Dian, João Aranha, Jd. Leonor I, Residencial Vida Nova, Jardim Amelia, Re. Pazetti, Jardim Leonor II, Alto de Pinheiros e Pq. Das Árvores

22/08 a 29/08 – Pq. Dos Jequitibas I, Pq. Dos Jequitibas II, Ouro Negro, Vila Nunes, Morro Alto, São Domingos, Patropi, Jd. Olinda São Luiz e Jd. Planalto.

30/08 a 05/09 – Bela Vista I, Santa Cecilia, Nova Paulínia, Jd. Fortaleza, Jd. Calegaris, Vista Alegre, Itapoa, Jd. América, Nossa Senhora Aparecida, Jd. Europa, Jd. Santa Terezinha e Morumbi.

06/09 a 13/09 – Parque da Figueira, Presidente Medici, José Paulino Noggueira, Vila Bressani, Jardim Ypê, Cabreuva, Jd. Primavera, Monte Alegre I, Monte Alegre II, Monte Alegre III, Monte Alegre IV e Monte Alegre V.

14/09 a 21/09 – Jd. Flambyant, Parque dos Servidores, Cooperlotes, Bom Retiro, Balnéario Tropical, Nova Veneza, Belvedere do Lago, Recanto Feliz, Serra Azul, Parque da Represa e Betel.

22/09 a 28/09 – Avenida José Paulino, Avenida Paulista, Avenida Fausto Pietrobom, Avenida João Aranha e Avenida João Vieira, Rua São Bento e Avenida Antônio Batista Piva.

O Consórcio Paulínia Sempre Limpa, empresa responsável pela manutenção dos serviços de limpeza urbana do município e contratada da Prefeitura Municipal de Paulínia-PMP para atender a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos-SMOSP, emitiu um relatório no final deste mês de julho de 2018 referente ao “Projeto Controlar”. Foram apresentados números dos serviços realizados nas unidades escolares de ensino do município, Infantil, Fundamental e Médio. Ao todo foram atendidas 60 unidades com ação preventiva a escorpiões e outras pragas urbanas. O projeto tem como finalidade o combate, controle e a conscientização sobre as pragas urbanas.
De acordo com o secretário de Obras, Valdir Terrazan, foi uma das maiores ações de combate a pragas urbanas já realizada em Paulínia. "A área atendida alcançou a extensão de 214.410 metros quadrados. O volume estimado de material retirado foi de 4,5 mil sacos de 100 litros de resíduos, em sua maioria folhas e lixo. O número de 200 caixas de inspeções de drenagens foi desobstruído, além de uma grande quantidade de grelhas que também foram limpas, drenadas e desentupidas. Também foram identificados 170 metros cúbicos de entulhos, galhos e madeiras retirados, além de 43 tampas de caixas de inspeção confeccionadas e substituídas", conta Terrazan.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.