Anúncio 680 x 110 px

Prefeitura decide lacrar Paulínia Shopping


Por questões de segurança, a Prefeitura de Paulínia decidiu lacrar o Paulínia Shopping, na manhã desta sexta-feira (06). O espaço está sem Alvará Municipal, AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), extintores nos locais adequados, sistema de hidrantes e chuveiros automáticos não estão funcionando, chaves elétricas estão desligadas, sistema de alarme não funciona e os acessos não possuem saída antipânico.

Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia

Além disso, o MP (Ministério Público) e OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Paulínia fizeram denúncias sobre os diversos problemas de segurança, apontados em vistoria feita pelo Corpo de Bombeiros em junho deste ano.

A empresa que administra o espaço, a Pró-Shopping, foi notificada sobre a situação, desde 2010, diversas vezes, e nenhuma providência foi tomada para resolver os problemas, segundo o secretário de Fiscalização, Sanzio Rodrigues.

“O shopping estava funcionando há muito tempo sem a documentação necessária. Tempo para resolver o problema a empresa teve, mas não ocorreu a regularização”, disse.

Como agravante da falta de segurança, na quarta-feira (28) da semana passada o restaurante do complexo, que está desativado, foi incendiado por vândalos durante a madrugada. Parte do mobiliário ficou completamente destruído.

Preocupação

“A nossa preocupação é com os trabalhadores, lojistas e pessoas que frequentam o shopping. A intenção é evitar um acidente, com pessoas feridas”, explicou o secretário de Negócios Jurídicos de Paulínia, Arthur Campos Freire.

A rodoviária, que funciona no local, continuara funcionando porque não apresenta problemas de segurança.

LAUDO DO CORPO DE BOMBEIROS DE PAULÍNIA




Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.