Anúncio 680 x 110 px

Homem bate em árvore e fica preso nas ferragens de carro no São José


É o terceiro acidente violento em menos de 15 dias

Homem foi levado ao Hospital de Paulínia com dores no peito (Crédito: Guarda Civil)Homem foi levado ao Hospital de Paulínia com dores no peito (Crédito: Guarda Civil)
Um homem de 62 anos de idade perdeu o controle de um Corsa branco na Avenida José Puccinelli, no bairro São José, em Paulínia, na noite desta segunda-feira (02), por volta das 20h30, e ficou preso entre as ferragens. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate. O homem foi levado ao HMP (Hospital Municipal de Paulínia) consciente e com fortes dores no peito. Trata-se do terceiro acidente violento em menos de 15 dias.

De acordo com informações da Guarda Civil, o motorista perdeu o controle do veículo e bateu em uma árvore, que foi arrancada do chão. Em seguida, ocorreu uma colisão com a parede do Condomínio Campos do Conde II. O Corsa ficou completamente destruído. Populares que passavam pelo local ficaram impressionados com a violência da batida.

O caso está sendo registrado na delegacia e a Polícia Civil vai apurar as causas do acidente.  A Guarda suspeita que o homem estava em alta velocidade.  Atualizaremos o texto assim que recebermos mais informações.

Ocorrências


Paulínia nos últimos dias vem registrando acidentes violentos envolvendo carros. No primeiro caso, um veículo capotou por volta das 8h40 de quinta-feira (29), na altura do quilômetro 122 da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), em Paulínia. A motorista, de 36 anos de idade, foi atendida pela equipe de resgate da Concessionária Rota das Bandeiras e levada ao HMP. Apesar do susto, a motorista passa bem.

Já na sexta-feira (23) retrasada, dois carros capotaram na entrada da cidade, na altura da Luchi, próximo ao Portal Medieval. Um dos carros envolvidos na batida entrou na mesma faixa de outro carro, que segundo Guardas Civis que atenderam a ocorrência, acabou batendo na guia e capotou. O automóvel foi parar no canteiro, no meio das duas pistas, bastante danificado e na posição vertical.

O outro carro foi parar próximo, também na vertical. Apesar da gravidade da batida, ninguém ficou ferido. Um dos motoristas foi levado ao HMP, em estado de choque, por conta do susto da batida violenta.

A suspeita é que um dos motoristas tentou fazer uma ultrapassagem em alta velocidade e causou o acidente.  O carro que tentou fazer a ultrapassagem estava com duas pessoas dentro. Ninguém foi preso e o motorista responsável terá que arcar com os prejuízos. Um terceiro veículo acabou também se envolvendo na batida.

Fonte: Zatum Notícias

Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.