Anúncio 680 x 110 px

Paulínia volta ao Limite Prudencial referente aos Gastos com pessoal limitados pela LRF


Na quinta-feira dia 20/02/2020 foi realizada na Câmara Municipal de Paulínia a Audiência Pública referente as Metas fiscais do Terceiro Quadrimestre de 2019 conforme preceitua a Lei de Responsabilidade Fiscal que diz:

Art.9º, § 4º - Lei Complementar nº 101/2000 – Lei de Responsabilidade Fiscal: “Até o final dos meses de Maio, Setembro e Fevereiro, o Poder Executivo demonstrará e avaliará o cumprimento das metas fiscais de cada quadrimestre, em Audiência Pública na comissão referida no § 1º do Art. 166 da Constituição ou equivalente nas Casas Legislativas Estaduais e Municipais.”

Foi apresentado o resumo das metas Fiscais que se encontra publicado no site da prefeitura, resumo este das Metas que foram publicadas no Semanário 1458.

Links:

Resumo das Metas: http://www.paulinia.sp.gov.br/uploads/contas/2019/26MetasFiscais3Q2019.pdf
Semanário 1458: http://www.paulinia.sp.gov.br/uploads/semanarios/1458.pdf

(Copie e cole os links acima no navegador)

O Secretário de Finanças Nicholas Baccarin em sua apresentação procurou ser sucinto esclarecendo as dúvidas que foram apresentadas de forma clara e objetiva. Uma das informações mais relevantes foi sobre o grande avanço na questão dos Limites de Gastos com Pessoal:

Estes são os limites que a Lei de Responsabilidade Fiscal impõe:


  • O Limite de Alerta é de 48,6%
  • O Limite prudencial é de 51,3%
  • O Limite Máximo é de 54%

Nos últimos 02 anos, Paulínia vinha passando pelo enfrentamento da situação de superar estes limites, ocorrendo até mesmo o descumprimento por parte do Executivo o controle da Lei de Responsabilidade Fiscal estando o mesmo sujeito as diversas punições expressas na Lei.

Foi destacado inclusive que a apresentação é Quadrimestral, mas o período analisado é dos últimos 12 meses.

Vejam logo abaixo quais foram as últimas Metas de gasto com pessoal atingidas por Paulínia:

2017


  • Primeiro Quadrimestre: 51,97%
  • Segundo Quadrimestre: 49,30%
  • Terceiro Quadrimestre: 48,58%

2018


  • Primeiro Quadrimestre: 48%
  • Segundo Quadrimestre: 55,87%
  • Terceiro Quadrimestre: 56,77%

2019


  • Primeiro Quadrimestre: 54,68%
  • Segundo Quadrimestre: 55,68%
  • Terceiro Quadrimestre: 51,93%


Paulínia vinha de uma série histórica com o seu Gasto com Pessoal acima do Limite máximo da LRF de 54%, mas agora neste terceiro Quadrimestre de 2019, que audita de Janeiro a Dezembro de 2019, a cidade voltou para o limite prudencial de 51,93%. O que acabou sendo uma ótima notícia referente a Prestação de Contas realizada no plenarinho da Câmara., trazendo uma tranquilidade para a cidade.

Um dos Principais Conceitos da LRF é que os Municípios realizem PLANEJAMENTO quanto a sua necessidade da execução e a vinculação do Plano Plurianual, da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual.

Com a aprovação no ano passado do  PL (Projeto de Lei) 71/2019, substituindo o Plano de Amortização do Déficit Atuarial de Alíquota de Contribuição Complementar passando agora a ser realizado por Aportes de Recursos Financeiros Mensais, esta mudança também reduzirá o gasto total com a folha de pagamento do funcionalismo impactando positivamente no limite legal permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.