Anúncio 680 x 110 px

II Fórum de Incentivo à Cultura reúne mais de 500 pessoas em Paulínia


A 2ª edição do Fórum de Incentivo à Cultura, promovido pela Secretaria de Cultura de Paulínia e pela Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (MinC), no dia 03 de setembro, reuniu mais de 500 pessoas na cidade entre produtores, empresários, artistas, agentes culturais, profissionais do setor e estudantes.

O evento contou com palestras sobre mudanças no sistema do Ministério da Cultura em que os projetos culturais são inscritos, além de orientações e consultas sobre apresentação de propostas, aprovação de projetos e prestação de contas.

Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia


O secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, Ivan Domingues das Neves, abriu o Fórum com uma palestra sobre o Procultura – projeto que moderniza e aumenta a distribuição dos recursos de incentivo à cultura, e o Vale Cultura. “Nossa proposta é ampliar e qualificar o acesso aos recursos financeiros, contemplando todas as dimensões da cultura brasileira”, afirmou.

O secretário aproveitou também para agradecer o prefeito Edson Moura Junior por ter recebido a CNIC e o Fórum com tanta seriedade e comprometimento. “O município nos recebeu de braços abertos e tenho certeza que as pessoas envolvidas só têm a ganhar”, completou.

O evento também contou com encontros setoriais e bancas técnicas com produtores culturais locais e a visita dos integrantes da CNIC ao Polo Cinematográfico de Paulínia.


Para a secretária de Cultura, Monica Trigo, os debates foram fundamentais para estabelecer o fomento de incentivo no município, alinhado aos marcos regulatórios do governo federal.  “Também tivemos a oportunidade de trazer novos elementos para a construção de políticas públicas para Paulínia”, disse.

O fórum integrou a programação da 224ª reunião ordinária da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, responsável por analisar e opinar sobre as propostas culturais encaminhadas ao Ministério da Cultura, com objetivo de obter recursos financeiros por meio de incentivo fiscal da Lei Rouanet. Ao todo, 499 projetos foram analisados.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.