Anúncio 680 x 110 px

5 motivos para uma pequena empresa investir em software de gestão


Ter uma visão integrada da administração do negócio é fator decisivo para as PMES se tornarem competitivas no mercado de atuação

São Paulo, 27 de julho de 2015 – As pequenas empresas têm um papel fundamental na economia do Brasil. Segundo estudo divulgado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), no ano passado, juntas, as nove milhões de micro e pequenas empresas representaram 27% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Esses pequenos negócios são responsáveis por 52% dos empregos com carteira assinada e 40% dos salários pagos no país.

Por sua importância, para a economia e para o mercado, é imprescindível que essas pequenas empresas sobrevivam, mesmo em tempo de instabilidade econômica. Para isso, alguns cuidados devem ser tomados, entre eles o controle com a gestão e administração do negócio.

As pequenas companhias têm na tecnologia da informação a possibilidade de estruturarem melhor seus negócios e, com isso, crescerem e se tornarem mais competitivas no mercado de atuação. E uma das ferramentas essenciais para uma PME se manter no mercado e tornar-se mais competitiva é a utilização dos ERPs (Enterprise Resourcing Planning ou Sistemas Integrados de Gestão Empresarial, em português).
Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia
Desta forma, as empresas menores podem competir com ferramentas ou estratégias tão eficazes quanto as grandes corporações. O uso de dados estruturados é um recurso disponível e estratégico. Mas, para que as ferramentas de TI ajudem nos negócios, é preciso saber os principais benefícios que elas oferecem. Para isso, André Bretas, diretor de Small Business da TOTVS, lista, abaixo, cinco razões para uma pequena companhia investir na adoção de um software e ter uma visão integrada da gestão do seu negócio:

- Excelência na gestão financeira: O sistema ajuda a manter as finanças da empresa sob controle de forma organizada. As contas são quitadas no prazo, evitando multas e juros, além de permitir administrar também as contas a receber, mantendo o fluxo de caixa em dia. Outra vantagem do ERP é que ele está integrado com o sistema de nota fiscal eletrônica, agilizando as emissões e envios, de acordo com as exigências legais.

- Otimização do estoque: Um dos grandes segredos de um bom negócio para as pequenas organizações, independentemente do segmento em que atuam, é o controle eficiente do seu estoque. Para crescer, é fundamental saber a quantidade disponível de produtos em estoque, a necessidade de reposição e o planejamento da produção para reduzir custos, entre outros processos. Outro ponto positivo do uso do ERP é que a empresa consegue manter os pedidos em dia. Ele ajuda a manter todo este controle em tempo real, com a garantia de atender corretamente os clientes no tempo certo, permitindo, como consequência, manter a fidelidade dos clientes satisfeitos.

- Dar fim ao retrabalho: As empresas que optam por utilizar um sistema de gestão integrada minimizam o trabalho de redigitar as mesmas informações em arquivos diferentes, por exemplo, o que diminui as chances de erros.

- Ter mais informações nas mãos: Além dos dados sobre estoques e produtos, o uso do ERP pode oferecer informações sobre os clientes (como reclamações e elogios sobre os serviços ou produtos ofertados), funcionários e até mesmo dados sobre as matérias-primas.

- Investimento que vale a pena: Com tantos benefícios, é comum as pequenas empresas acharem que esses softwares de gerenciamento das rotinas são caros. Porém, isso não é verdade. A TOTVS, empresa líder no Brasil e América Latina em softwares de gestão empresarial, por exemplo, disponibiliza soluções com baixo custo de aquisição e manutenção. Há softwares a partir de R$ 118 mensais, que podem ser adquiridos nas versões física ou online, no modelo SaaS (Software as a Service).

“A tecnologia é o alicerce para que as pequenas companhias cresçam de forma sustentável. As micro e pequenas empresas tem papel fundamental no crescimento da economia e sociedade do país. Fazer a gestão eficiente do negócio é o diferencial entre sobreviver ou encerrar as atividades, nesse momento de incertezas. As que investirem em uma gestão profissional certamente terão mais oportunidades de competir e crescer no mercado em que atuam”, destaca Bretas.

Sobre a TOTVS

Provedor global de software de gestão, plataforma e consultoria para empresas de todos os portes, com mais de 50% de marketshare no Brasil, liderança na América Latina* e uma das maiores provedoras de ERP Suite do mundo. A TOTVS possui no país cinco filiais, 52 franquias, mais de 200 distribuidores e nove centros de desenvolvimento. No exterior, está presente em 39 países, entre filiais, franquias e dois centros de desenvolvimento (Estados Unidos e México). É a única empresa de tecnologia na lista das 25 Marcas Brasileiras Mais Valiosas, segundo ranking da Interbrand. Com o compromisso de tornar os seus clientes competitivos no mercado que atuam, a TOTVS oferece soluções para 10 segmentos, complementados por um amplo portfólio de serviços, como Consultoria de Negócios e Cloud Computing. Em 2014, registrou R$ 1,8 bilhão em receitas. Mais informações em www.totvs.com.

*Fonte: Gartner - “Market Share: All Software Markets, Worldwide, 2013”.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.