Header Ads

Anúncio 680 x 110 px

Educação Pública de Paulínia alcança aprovação de 71,7% na gestão Du Cazellato


 A Educação Pública de Paulínia registrou a mais alta aprovação dos últimos três anos, de acordo com estudos da INDSAT. Com 71,7% de avaliações positivas, a soma de 17,1% de ótimo e 54,7% de bom indica o maior patamar desde novembro de 2020.

Comparado à pesquisa anterior, realizada em dezembro de 2023, houve um salto significativo de 6,2% na aprovação. A rejeição também apresentou uma mudança expressiva, alcançando o menor índice dos últimos anos, com apenas 5,4% de avaliações negativas (2,7% de ruim e 2,7% de péssimo).

A pesquisa, com margem de erro de 4,8% e intervalo de confiança de 95%, reflete a percepção de 400 moradores maiores de 16 anos. A Educação de Paulínia mantém-se no Alto Grau de Satisfação há mais de um ano, com uma pontuação atual de 761 pontos, a maior em três anos. Esse desempenho coloca o serviço acima da média das cidades de médio porte (CMP) desde outubro de 2021, com a média geral do agrupamento atingindo 671 pontos no levantamento de março deste ano.

No ranking INDSAT dos 16 serviços públicos avaliados em Paulínia, a Educação Pública se classificou em 8º lugar. O índice de satisfação atribuído aos serviços públicos avaliados pela INDSAT segue uma metodologia exclusiva, resultando em um número máximo de 1.000 pontos. A pontuação é alcançada através do cálculo dos percentuais de ótimo, bom, regular, ruim e péssimo obtidos por cada serviço.

As cidades são classificadas em agrupamentos populacionais: Cidades de Pequeno Porte (CPP), com até 100 mil habitantes; Cidades de Médio Porte (CMP), entre 100 mil e 400 mil habitantes; e Cidades de Grande Porte (CGP), com mais de 400 mil habitantes.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e a Fundação Seade, a previsão para 2024 é que Paulínia alcance 110.354 habitantes, integrando-se assim ao grupo das Cidades de Médio Porte (CMP).

Tecnologia do Blogger.