Anúncio 680 x 110 px

#ABSURDO - Em tempos de CRISE vereadores querem AUMENTO de 36,21%


Em tempos de crise no Brasil todo e ainda mais no município de Paulínia que perdeu bastante da sua arrecadação  de impostos nos últimos anos devido inclusive a vários escândalos da Petrobrás no sistema de corrupção do Lava Jato. Os vereadores de nossa cidade ABSURDAMENTE marcam uma sessão extraordinária para votar AUMENTO de SALÁRIO para eles mesmos.

Sigam Movimento Paulínia no Twitter: @MPaulinia
Enquanto isso a cidade necessita URGENTEMENTE de FISCALIZAÇÃO. Só para se ter uma ideia faz 06 meses que não se realiza uma LICITAÇÃO para compras das CESTAS básicas. E a compra EMERGENCIAL de R$ 11.000.000,00 milhões que tinha sido realizada, foi barrada pela justiça. Devido estar irregular e não ter sustentação legal para se manter, conforme o próprio Ministério Público levantou através do recebimento de uma denúncia.

Para mim que tenho observado de perto os trabalhos da Câmara, sinceramente não vejo motivo para os mesmos terem qualquer tipo de aumento. Um prêmio que poderia ser medido pela atuação fiscalizadora, que não esta havendo.

Servidor Público ganha somente a diferença inflacionária

Pois é, o servidor tem somente o aumento mínimo possível em sua Data Base e já há tempos não tem nenhum aumento em seus benefícios vergonhosos que recebem. E são eles os verdadeiros heróis que seguram a barra dessa cidade há muito tempo.

População passando fome

Uma parte da população que tanto necessita das cestas básicas dadas pela promoção social estão há meses sem receber ao menos 01 kilo de arroz e os nobres vereadores fazendo sessão extraordinária para aumentar o próprio salário.

Vejam bem população, vejam quem os representa hoje na Câmara Municipal e aprendam a escolher melhor seus representantes. Paulínia está essa porcaria de hoje, porque vocês erraram nas escolhas. Ou simplesmente NÃO cobram desses vereadores inertes que habitam o Poder Legislativo de nossa cidade.

Vereadores votarão aumento para a própria categoria na sexta feira, dia 26, em Extraordinária

Matéria veiculada no Site: Alerta Paulínia | Thiago Henrique

Vencimentos dos parlamentares passarão de R$ 5.349.90 para R$ 7.287,11, o que corresponde a 36,21%

Os vereadores de Paulínia deverão votar em sessão Extraordinária a ser realizada na próxima sexta-feira, dia 26, um aumento para a própria categoria de aproximadamente 36,21%. Com isso os salários dos componentes do Legislativo deverá passar de R$ 5.349.90 para R$ 7.287,11.

De acordo com o Projeto de Resolução 05/2015, de autoria do Mesa da Câmara, fica estabelecido como subsídio mensal, a ser pago aos vereadores da Câmara Municipal de Paulínia, na Legislatura de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020, o valor de R$ 7.287,11, que corresponde a 36,35% de quanto ganha atualmente um deputado estadual de São Paulo (R$ 20.042,34).

Ainda segundo o PR, o subsídio será atualizado anualmente, sempre na mesma data de reajuste do funcionalismo público municipal, conforme o 10º parágrafo do Artigo 37 da Constituição Federal e a cada falta em sessão ordinária sem justificativa, o vereador sofrerá desconto na proporção do número das mesmas realizadas no respectivo mês.



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.