Anúncio 680 x 110 px

Mostra FOTOGRÁFICA sobre a MATA ATLÂNTICA


PRAÇA VICTOR CIVITA ACOLHE MOSTRA FOTOGRÁFICA SOBRE A MATA ATLÂNTICA A PARTIR DE 13 DE AGOSTO
 
Com entrada gratuita, público poderá conferir até 13 de setembro as imagens exuberantes captadas por Luciano Candisani para a exposição “Floresta Viva” 

De 13 de agosto a 13 de setembro, a Praça Victor Civita acolhe a mostra fotográfica “Floresta Viva”. Nesse período, o público poderá conhecer, gratuitamente, imagens de fauna e flora da Mata Atlântica captadas pelo fotógrafo Luciano Candisani no Legado das Águas – Reseva Votorantim.  Com 18 anos de dedicação a documentar a natureza, ele é o autor das 30 fotos que compõem a exposição.

Ao reunir cliques de grande beleza, a mostra exibe fotografias que ao mesmo tempo retratam a exuberância da mata preservada e a presença dos animais em seu hábitat natural – incluindo alguns muito raros ou ameaçados de extinção, como a primeira anta albina registrada na natureza, e o cachorro-do-mato-vinagre. “Tenho por motivação buscar imagens capazes de evocar a ligação inexorável entre as espécies e o ambiente nos espaços naturais ainda originais, como o Legado das Águas”, diz Candisani, referindo-se a uma área de 31 mil hectares protegida pela Votorantim há mais de 50 anos e localizada a 120 quilômetros da capital. Já o nome escolhido para o ensaio fotográfico é inspirado na concepção de que uma floresta viva é a antítese daquela fadada a sucumbir à falta de fauna. “Os animais são fundamentais para a perpetuação de uma floresta”, completa o fotógrafo.
Sigam Portal MP no Twitter: @MPaulinia
Para obter as imagens, Candisani conta que parte das fotografias foi produzida de forma tradicional – resultado de sua experiência em entrar furtivamente na floresta e captar as atitudes mais naturais dos animais. Outras fotos foram feitas por meio dos Estúdios da Mata, armadilhas fotográficas montadas no meio da floresta com equipamentos de última geração que disparam o obturador da câmera automaticamente assim que ocorre algum movimento no campo de visão da câmera. Como resultado, registros surpreendentes, como o da onça parda que expressa, em seu olhar, a suspeita de que algo diferente está acontecendo ali.

Sobre Luciano Candisani

Luciano Candisani é um fotógrafo dedicado a contar as histórias da natureza há mais de 18 anos. Já produziu reportagens fotográficas para a revista “National Geographic” e outras importantes publicações internacionais. Com estilo peculiar, apresenta composições de forte poder estético que também podem ser vistas em nove livros fotográficos. Foi reconhecido cinco vezes pelo Prêmio Abril de Jornalismo e pelo Wildlife Photographer of The Year, em 2012, concedido pelo Museu de História Natural de Londres e pela BBC. Pela relevância de seu trabalho para a conservação da natureza foi indicado para compor a ILCP – International League of Conservation Photographers,  organização que abriga 60 dos principais fotógrafos de natureza do mundo.

SOBRE A PRAÇA VICTOR CIVITA

Projeto pioneiro na América Latina, inaugurada em 2008, a Praça Victor Civita é resultado da iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo, o Itaú, a Even Construtora e a Petrobrás. A partir de um espaço com aproximadamente 14 mil metros quadrados e área verde com cerca de 80 árvores, a Praça oferece à população um espaço que propõe uma reflexão acerca da preservação ambiental. Também abriga o Prédio do Incinerador, instalado no antigo incinerador de Pinheiros, e desenvolve atividades de educação socioambiental, com cursos, palestras e visitas escolares, além de localização privilegiada e de fácil acesso através de transporte público ou carro. A Praça Victor Civita dispõe de um palco para espetáculos com arquibancada coberta para 290 pessoas, onde ocorrem apresentações musicais, passando pelo rock, samba e música clássica, também espetáculos circenses, aulas de arte, yoga e pilates, além de atividades no centro de convivência para a terceira idade (CIIPE). O projeto foi implementado a partir da iniciativa de reviver uma região degradada pelo acúmulo de detritos ao longo dos anos, uma vez que, entre os anos de 1949 e 1989, o espaço funcionou como centro de processamento de resíduos urbanos. Dentro das normas técnicas de acessibilidade, a área conta com uma exposição permanente sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas no tipo de reabilitação ambiental do terreno. Além disso, a Praça Victor Civita conta com soluções arquitetônicas de reuso de água, economia energética e projeto paisagístico educativo. A Praça Victor Civita é aberta diariamente, das 6h30 às 19h, e toda a sua programação é gratuita. Para visita de grupos escolares é necessário agendamento. A Praça divulga suas atividades através do site www.pracavictorcivita.org.br e também  nas redes sociais Twitter (@pracavc) e Facebook (fb.com/pracavictorcivita). No site, o público pode se cadastrar para receber a newsletter da programação.

(SERVIÇO)

Floresta Viva

Data: 13 de agosto a 13 de setembro

Horário: diariamente, das 8h às 18h

Local: 1º piso do Prédio do Incinerador - Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros

Ingresso: entrada gratuita

Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br




Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.