Anúncio 680 x 110 px

Mostra competitiva do FESTICINI termina nesta terça-feira (27) em Sumaré, com exibição gratuita de quatro curtas-metragens


O filme O Balé da Chuva, com a atriz Letícia Sabatella, é uma das produções que concorrem ao Troféu FESTICINI

Por Danilo Pessôa
Acontece nesta terça-feira, dia 27 de outubro, às 19h30, a última noite de exibição de filmes da Mostra Competitiva do FESTICINI - 1° Festival Internacional de Cinema Independente de Sumaré - com entrada gratuita.

Serão quatro curtas-metragens, entre eles o iraniano O Peixe e Eu (The Fish And I), que traz a história de um homem cego que tenta salvar a vida de seu peixinho; o belga Dissonante (Dissonant), com a história da relação de um pai e um filho que, ao encontrar uma fita cassete que estava perdida há muito tempo, têm suas vidas mudadas para sempre; e os brasileiros Encontros e Desencontros, que conta a história de um modelo internacional que, após tem imprevistos com seu voo, conhece uma bela moça; e O Balé da Chuva, a mãe, tentando acalmar a filha, compara as gotas da chuva com bailarinos, desvendando o Balé da Chuva.
Sigam Portal MP no Twitter: @MPaulinia
Já no último final de semana, foram exibidas animações voltadas para o público infantil pela Mostra Paralela FESTICINI Kids. No sábado, a exibição da Mostra Competitiva contou com a presença ilustre do diretor Pedro Murad, do curta-ficção Minha Doce Enfermeira (My Sweet Nurse) e do curta-documentário No Escuro, ambos concorrendo ao Troféu FESTICINI.

“Estou muito feliz em ter dois filmes meus concorrendo no FESTICINI, uma iniciativa excelente para dar visibilidade ao cinema independente. Pelo que assisti nesta noite, a qualidade dos filmes está ótima, e não digo nem pelos meus dois, mas pelos outros. É muito bom ver nosso trabalho concorrendo com outras obras de qualidade altíssima, o que prova que o festival soube selecionar os filmes”, comentou Murad. “Além disso, outro ponto positivo do FESTICINI é o de ser um festival fora das grandes capitais, fora do eixo Rio-São Paulo, descentralizando a cultura para cidades do interior. Estou muito feliz!”

Confira a programação da mostra competitiva:

● Segunda-feira, dia 26

Filme: Hotel Bellevue

Sinopse: Durante três gerações, os Timms tiveram seus altos e baixos no Hotel Bellevue, gerenciando grande quantidade de clientes, até a abertura das fronteiras entre as Alemanhas Oriental e Ocidental.

País: Alemanha
Direção: Claire Walka
Duração: 25 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Português

Filme: O Movimento do Escuro

Sinopse: Maria e Pedro são artistas em frente a uma plateia vazia.

País: Brasil
Direção: Alexandre Rossi
Duração: 20 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Sem legendas

● Terça-feira, dia 27

Filme: O Peixe e Eu (The Fish And I)

Sinopse: Um homem cego tenta salvar a vida de seu peixinho. Dois mundos: um homem cego e um peixe, a ausência da visão e a ausência da fala. Como sobreviver?

País: Irã
Direção: Babak Habibifar
Duração: 6 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Sem diálogos

Filme: Encontros e Desencontros

Sinopse: Durante uma viagem, um modelo internacional, tem imprevistos com seu voo. Isso o leva a conhecer a bela Linda Müller e ambos embarcam em uma experiência inesquecível.

País: Brasil
Direção: Alexandre Mello e José Quaresma
Duração: 10 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Sem diálogo

Filme: Dissonante (Dissonant)

Sinopse: Marino vive com o pai e ambos enfrentam vários problemas. Um dia, Marino encontra seu pai assistindo a uma fita cassete que estava perdida. Carregada de memórias, ela mudará para sempre suas vidas.

País: Bélgica
Direção: Jurgen Willocx
Duração: 12 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Sem legenda

Filme: O Balé da Chuva

Sinopse: Uma criança tem pesadelos durante um temporal. A mãe, tentando acalmar a filha, compara as gotas da chuva com bailarinos, desvendando o Balé da Chuva.

País: Brasil
Direção: Henrique Faria
Duração: 11 Minutos
Indicação: Livre
Legenda: Sem legendas



Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.