Anúncio 680 x 110 px

Semana da Mulher terá uma série de atividades


O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Paulínia, apoiado pela Secretaria Municipal de Assistência, irá promover várias atividades em locais estratégicos no Município para comemorar o mês da Mulher. A programação da Semana da Mulher, que será entre 4 e 10 de março, terá desde encenação por voluntários(as) como alerta e conscientização da necessidade de políticas públicas voltadas ao combate da Violência Contra a Mulher, como também uma caminhada cuja concentração se dará na praça ao lado do Hospital Municipal, a partir das 8h30, no dia 10 de março, seguindo para o Parque Zeca Malavazzi onde as mulheres experimentarão uma manhã de atividades físicas, culminando com um café da manhã coletivo.

 “A encenação que faremos no dia 4 de março, a partir das 80h30, em plena Feira do São José, terá como principal objetivo fortalecer os vínculos familiar e comunitário, o que acontecerá. Vamos contar com a presença dos integrantes do CMDM que estarão disponíveis para tratar da questão com o público em geral”, explica Miriam Maria Antunes de Souza, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Para a realização dessa programação, esclarece Miriam, o CMDM contou ainda com voluntárias do Grupo “Mulheres do Brasil”, congressistas especializadas na luta pelo empoderamento da mulher e organizadoras de comitês junto ao Terceiro Setor. “Elas estarão tratando, na modalidade palestra/painel, no dia 5 de março, das 19h às 22h, no Theatro Municipal, sobre três temas de grande relevância para a mulher nos dias atuais: as barreiras que impedem o crescimento do empreendedorismo feminino e os caminhos para superá-las; a resistência social e empresarial diante da liderança feminina e ainda, a importância da gentileza nas relações”, revela.

A programação conta ainda com atividades que serão realizadas em conjunto com os CRAS´s do João Aranha e do Monte Alegre; DEAI – “Tia Lídia”; Lions/Rotary Club e Casa da Amizade de Paulínia, onde as mulheres receberão orientações de como trabalhar e explorar ervas medicinais e essências como tratamento alternativo terápico; bem como toda uma linguagem e discussão sobre cuidados com a saúde e a auto estima.

Foi projetado ainda um desfile de modas com o apoio de lojistas locais, com os olhos voltados para a diversidade e para a inclusão. Em todos os eventos, o CMDM estará disponibilizando um material publicitário desenvolvido especialmente como proposta de combate à Violência Contra a Mulher.


Compartilhar Google Plus

Autor Roger de Souza

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.