Anúncio 680 x 110 px

Prefeita de Sumaré PAGA os Servidores em menos de 48 horas, após pedido de prisão !!!

Foto: Dr. Roberto Guimarães falando com mais de 500 servidores em Assembléia no dia 10 de junho.

Depois de uma intervenção realizada pelo departamento jurídico do Sindissu (Sindicato dos Servidores Municipais de Sumaré) a prefeita de Sumaré Cristina Carrara (PSDB), mesmo afirmando não ter recursos para pagar o Servidor Público, realizou o restante do pagamento no dia 14 de junho. Após ter tido um pedido de prisão por desobediência elaborado mediante documento protocolado eletronicamente no fórum no dia 09 de junho.


Portal MP nas Redes - Facebook | Twitter |Youtube


A ação judicial proposta pelo jurídico do sindicato na pessoa do então Dr. Roberto Guimarães e com aval do Presidente da Instituição sindical, o então Sandro Vale Barbosa teve total êxito no quesito de resguardar o direito dos salários atrasados e parcelados indevidamente pela administração.

Veja também: Sindicato e Sumaré pede prisão de Cristina Carrara

Entenda o caso


No dia 07 de junho a prefeitura emitiu pagamento de uma parcela dos salários no valor de R$ 2.200,00 para todos os mais de 5.500 servidores de Sumaré. O que já havia sido alertado pelo Sindicato que era ilegal tal ação.

Após isso em uma ação rápida o jurídico do sindicato de Sumaré preparou uma denúncia e protocolou o mesma no dia 09 de Junho. Inclusive pedindo a prisão da prefeita por desobediência judicial, pois a Justiça já tinha dado parecer para que se não cometesse esse tipo de abuso.

No dia 10 de junho de manhã, mesmo com muito frio, houve uma assembléia da categoria com a participação de mais de 500 servidores. Onde o Dr. Roberto Guimarães explicou as medidas que estavam sendo tomadas para garantir os direitos dos funcionários.

O denúncia foi feita no fórum de forma eletrônica no dia 09. Além de pedir a prisão da prefeita, também pedia o prazo de 48 horas para pagar o restante dos salários. Prazo esse que começou a contar do dia 13 de junho. E antes de vencer as 48 horas, mesmo a prefeita Cristina alegando não ter dinheiro para pagar, foi realizado o depósito do restante dos salários na conta de todos os servidores públicos.

Bastidores a Luta


Informações de bastidores dizem que a prefeita ficou extremamente preocupada com essa situação, pois se tratando de ano eleitoral não quer ter mais problemas do que já tem. E na ocasião acabou colocando todo seu staf do jurídico, financeiro e demais setores para trabalharem e resolverem isso.


Opinião do Roger 


Ao meu ver o Sindicato de Sumaré foi muito eficiente e feliz na sua ação em lutar pelo servidor e proteger o que há de mais sagrado para os pais e mães de família da cidade de Sumaré. O salário tem natureza de alimentos e é imprescindível para o sustento do trabalhador.

Fica evidente o quanto de força e credibilidade o Presidente Sandro Vale Barbosa tem adquirido perante a base do funcionalismo público da cidade, com um trabalho sério e um jurídico forte e atuante como o do Dr. Roberto Guimarães. Trazendo tranquilidade para a base no sentido da luta para resguardar os seus direitos.

Isso demonstra que quando se tem um presidente firme, amparado por um jurídico sério e aliado a uma base de servidores guerreiros e unidos, muita coisa pode se conseguir em benefício da coletividade.




Compartilhar Google Plus

Autor Roger Dance

Sou criativo, polêmico, autodidata por natureza e político por opção. Meus ideais de uma sociedade justa e igualitária estão no sangue. Sejam bem vindos a minha vida e ao mundo da informação dos bloggers.